Home Notícias Geral Estudo mostra que 21 árvores da avenida Atlântica estão mortas

Estudo mostra que 21 árvores da avenida Atlântica estão mortas

Um estudo do especialista em arborização urbana, Heli Schlickmann, e da engenheira agrônoma, Ana Paula Heusi, mostra que, das 613 amendoeiras plantadas na orla de Balneário Camboriú, 21 delas estão mortas. O estudo foi encomendado em maio, pela secretaria do Meio Ambiente de Balneário Camboriú.

As árvores morreram porque, segundo Schlickmann, não houve reposição por parte da prefeitura. A amendoeira é uma árvore exótica que precisa ser cultivada em mudas para poder ser plantada e replantada. O diretor de fiscalização do meio ambiente, Edésio Pereira, reconhece o problema. “Não houve um replantio, faltou preocupação e cuidado”, diz.

As árvores mortas na Atlântica trazem problemas como uma paisagem pouco harmoniosa, os galhos das árvores começam a apodrecer e secar, podendo causar acidentes, e perrengues como obstrução da rua e do calçadão da praia.

Foto: Divulgação/Carol Copello

O diretor do meio ambiente garantiu que será feito um projeto para reposição das 21 árvores mortas. 

Mariana Reibnitz Vieira
Formada em Jornalismo pela Univali mariana@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com