Home Notícias Geral Empresário quebra expositor da própria loja após reclamação de clientes pela falta de entrega de aquecedores

Empresário quebra expositor da própria loja após reclamação de clientes pela falta de entrega de aquecedores

Empresário diz que está com depressão mas tenta resolver os casos dos clientes

Clientes da AMJ Aquecedores, de Itajaí, estão na bronca com a empresa pela falta de entrega dos produtos. A empresa alega que houve atraso dos aparelhos pelos fornecedores devido à pandemia. Na semana passada rolou até discussão com duas clientes dentro da loja, na rua Heitor Liberato, no bairro São Judas. Um vídeo gravado pelas clientes mostra o dono da empresa alterado. Ele chega a chutar e derrubar parte de um expositor da loja. As clientes denunciam que foram ameaçadas e xingadas.

Reclamações foram feitas por clientes ao Procon e também registradas no site Reclame Aqui, onde até esta segunda-feira tinha 16 queixas, a maior parte respondida pela empresa. Os clientes ainda se manifestaram pelas redes sociais, negativando a empresa devido aos problemas de entrega e instalação. As duas mulheres que gravaram o vídeo na loja do empresário contam que ele só devolveu o dinheiro por medo das filmagens irem pras redes sociais.

O empresário fez um orçamento de R$ 2 mil para as clientes no dia 5 de outubro. Elas relatam que o valor teria que ser pago no mesmo dia pra empresa fazer o pedido do aquecedor, com a instalação marcada pra três dias depois. A instalação acabou não ocorrendo e as clientes dizem que ligaram várias vezes pedindo resposta mas não tiveram retorno. “Ele mandou um funcionário instalar um aquecedor antigo que seria ‘provisório até que o novo chegasse”, relatam. A nova data seria dia 11 de outubro.

Segundo as clientes, além de não mandar um aquecedor novo, a instalação do velho também não foi finalizada. Sem satisfação por parte da empresa, as clientes foram pessoalmente na loja no dia 16. “Fomos agredidas verbalmente e quase fisicamente pelo dono”, conta uma das mulheres. “Os próprios funcionários tiveram que intervir por medo que ele fosse nos agredir”, completa.

As reclamações contra a empresa são semelhantes. Conforme a denunciante, o empresário faz a visita a quem precisa de aquecedores, promete um aquecedor novo e a instalação. “Mas depois de estar pago, ele instala um aquecedor velho e nunca mais realiza a troca”, afirma. Os aquecedores velhos ainda seriam de outros clientes que deixaram os aparelhos na empresa pra manutenção e que também são prejudicados.

Empresário diz que está com depressão mas tenta resolver os casos dos clientes

O dono da loja explicou ao DIARINHO que já fez reunião no Procon e que está negociando as vendas com os clientes, sendo feita a devolução do dinheiro pra quem desistiu do serviço ou a renegociação de prazos. Ele afirmou que os atrasos nas instalações tiveram a ver com a falta de entrega dos aparelhos pelos fornecedores em razão a pandemia.

Mesmo assim, diz que não deixou ninguém com água fria, com a instalação de aquecedores provisórios. No momento, seriam oito clientes esperando pelos produtos. “Vou resolver o caso de todo mundo”, garante. Sobre a situação das duas clientes que foram até a loja, ele esclareceu que a instalação estava no prazo e que as clientes entraram de “maneira ignorante” dentro da loja. “Acho uma falta de consideração enorme da parte delas, pois fiz a devolução integral do valor”, disse.

Ele ainda relatou que toda essa situação o deixou com depressão e que em 21 de agosto até tentou suicídio na BR-101. Nesta segunda-feira, o empresário informou que estava em consulta no centro de Atenção Psicossocial de Itajaí. Ele passou por exame e faria um tratamento para atendimento psicológico. “Estou doente, com depressão, e estou lutando diariamente para sanar todos os problemas”, ressalta.

O empresário mostrou perícia do INSS de novembro de 2019, quando iniciou acompanhamento psiquiátrico após ser diagnosticado com transtorno depressivo grave. Na ocasião, o médico solicitou que ele ficasse dois meses afastado do trabalho.

João Batista
Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Associação Educacional Luterana Bom Jesus/Ielusc, de Joinville (SC). E-mail: geral.diarinho@gmail.com
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com