Home Notícias Geral Emasa vai fazer inspeção por vídeo em busca de ligações clandestinas

Emasa vai fazer inspeção por vídeo em busca de ligações clandestinas

Com o auxílio de um “robozinho” com uma câmera acoplada, a Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) iniciou nesta semana uma fiscalização com vídeo inspeção na rede de drenagem pluvial. A ação para coibir ligações clandestinas de esgoto contribuirá para a melhoria da balneabilidade das praias e rios da cidade. O serviço começou na Rua 2300, próximo à foz do Rio Marambaia.

“Já fazemos vídeo inspeção na rede de esgoto para identificar ligações clandestinas e também as falhas estruturais da rede. Agora estamos intensificando, com esse trabalho na rede pluvial para identificarmos com mais precisão ligações irregulares e evitarmos a poluição dos nossos rios e praias”, disse o diretor-geral da EMASA, Carlos Haacke.

Para a execução do serviço foram investidos pelo Município R$ 955.916,00, ao ano. “Foram contratados 40 km de vídeo inspeção em rede de drenagem pluvial e começamos pelo  trajeto do entorno do Rio Marambaia. Quando encontrarmos alguma tubulação clandestina, vamos investigar se essa tubulação tem esgoto e tomaremos as medidas cabíveis dependendo de cada situação”, explicou o gerente de expansão da EMASA, Vinicius de Castro Oliveira.

O serviço é feito com um robô totalmente blindado, que entra na tubulação e é controlado por uma estação que fica no veículo da empresa responsável pelo serviço, a Azimute Tech, de Joinville. “Nós desenvolvemos e projetamos o robô. Inclusive, ganhamos um incetivo por meio do Sinapse da Inovação, do Governo Estadual, e montamos essa empresa para prestar esse serviço. É uma tecnologia totalmente catarinense e agora está sendo empregada aqui em Balneário Camboriú”, comentou o diretor técnico da Azimute Tech, Darlan Grun.

Elaine Mafra
Jornalista formada pela Univali em 2006. elaine@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com