Home Notícias Geral Com sangria no barril de chope, tá aberta a Marejada

Com sangria no barril de chope, tá aberta a Marejada

Serão 13 dias de festerê com entrada gratuita e muita música e diversão

Com direito a sangria no barril de chope, começou ontem a 33ª Marejada, a maior festa do pescado de Santa Catarina, que neste ano aposta na sustentabilidade e acessibilidade. Serão 13 dias de festa, com entrada franca e mais de 100 atrações culturais da região, que vão desde o blues e jazz ao rock do Tarrafa Elétrica.
Já no hall de entrada, antes da abertura, enquanto se ouve ao fundo o samba da banda “Siri na Lata” pedindo licença à tristeza, um grande telão com imagens vibrantes expõe as delícias de Itajaí, como a cultura e a gastronomia portuguesas, a música e a vida noturna movimentada.
A última imagem do telão convida o festeiro a entrar na “coza más kirida de festa”, frase dita no mais autêntico sotaque pexeres. Convite aceito pelo jovem cadeirante Guilherme Fontich, 30 anos, e sua família: a mãe Rosana, o tio Antonio, a tia Zeluzia e a avó espanhola Ana Fontich.
“Somos de São Paulo, capital. Viemos para fazer o roteiro gastronômico de Santa Catarina”, disse Rosana, informando que seu filho, que é cadeirante, faz leitura labial. “Maravilha de festa”, disse a anciã Ana, no auge de seus 80 anos.
A família Fontich foi recepcionada no “Balcão da Acessibilidade” pelas voluntárias do conselho Municipal dos Portadores de Deficiência Física de Itajaí (Comadefi).
Entre elas a presidente da associação, Bianca Reimão, e a intérprete de libras, Fabriele Barbosa, contratada para atender possíveis necessidades dos portadores de deficiência auditiva que forem à Marejada, a mais inclusiva das festas catarinas de outubro, como destacou o prefeito Volnei Morastoni.
“Temos até um espaço kids reservado às crianças com autismo, temos mesas táteis, cardápios falados, tudo para bem receber os portadores de necessidades especiais. Além disso, proibimos o uso de garrafas plásticas e os talheres e pratos são ecologicamente corretos, prova da sustentabilidade da Marejada, que nos brinda com os encantos de Itajaí”, explicou.
O prefeito estava acompanhado pelo secretário de Turismo, Evandro Neiva. Ele destaca que a sustentabilidade da festa só foi possível graças aos patrocinadores, Angeloni, Klabin e Europa.
A sangria do barril de chope da festa atrasou. Mas chope é o que não falta. Estima-se que 40 mil litros da bebida sejam consumidos pelos 300 mil visitantes esperados.

DIARINHO presente
O DIARINHO está participando, também, da 33ª Marejada. Durante os 13 dias de festa, quem quiser aparecer nas redes sociais do jornal pode chegar e posar pra foto no painel especial #tonodiarinho.
A Miss Itajaí 2019, Barbara Sezaro, foi uma das primeiras a fazer o registro.

Programação de Quarta
Pavilhão Gastronomia 01
19h – Intermezzo Pop Rock
21h30 – A Cor do Sol
 
Pavilhão Sardinha na Brasa 02
19h15 – Maloka Nunes
21h45 – Honey Drip
 
Tasca
21h – Célia Pedro

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com