Home Notícias Geral Câmara arquivo processo disciplinar contra Moacir Schmidt

Câmara arquivo processo disciplinar contra Moacir Schmidt

Eleitor reclamou que Moacir Schmidt cometeu falta de decoro parlamentar por ser acusado de ser mandante de um crime. O vereador ainda não foi julgado pela justiça

O vereador Moacir Schmidt (PSDB), de Balneário Camboriú, escapou de ser investigado pelos colegas de parlamento por falta de decoro parlamentar. Por 10 votos a seis, a câmara decidiu rejeitar o relatório da comissão de Ética da casa que pedia a abertura de um processo contra o tucano.

A acusação de falta de decoro partiu de um eleitor, depois que Moacir Schmidt foi indiciado como réu no processo que investiga a morte do do ex-engenheiro da prefeitura Sérgio Renato da Silva, que ocorreu em fevereiro de 2017.

O vereador foi apontado por um dos autores do assassinato como mandante do crime. Ele nega e o processo ainda está sendo julgado.

O argumento dos vereadores que rejeitaram a abertura do processo disciplinar por falta de decoro é o de que não haveria como avaliar a conduta do vereador já que não há ainda nenhuma decisão judicial que o considere culpado ou inocente.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com