Home Notícias Geral Balneário recorre da decisão que impede Ruth Cardoso de fechar PA

Balneário recorre da decisão que impede Ruth Cardoso de fechar PA

Balneário recorre da decisão que impede Ruth Cardoso de fechar PA. Foto: Arquivo

O município de Balneário Camboriú recorreu da liminar judicial do Tribunal de Justiça que postergou em mais 120 dias o funcionamento obrigatório do hospital Ruth Cardoso à região. O prazo de 150 dias para a mudança do sistema seria neste mês de janeiro. O município aguarda o julgamento do recurso.

O prefeito Fabrício Oliveira (PSB) mantém sua posição em relação à mudança de atendimento no Ruth Cardoso que deverá focar em atendimento de cirurgias eletivas, maternidade e UTI. O objetivo, explica o município, é melhorar o atendimento aos pacientes, garantindo qualidade.

A estrutura do hospital para atender toda a demanda da região é insuficiente. Nesta semana, inclusive, a UTI neonatal foi fechada por superlotação.

O hospital atende além de sua capacidade, a fila de cirurgias eletivas é enorme, a demanda por atendimento de dezembro até agora aumentou 30% em relação ao mesmo período do ano passado, além de que a complexidade dos casos que chegam ao Ruth Cardoso também aumentou.

A administração de Balneário Camboriú argumenta que a mudança do sistema de atendimento, cujas despesas são bancadas quase que exclusivamente pelo município, é questão vital para garantia de atendimento de qualidade ao morador da cidade.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com