Home Notícias Geral Balneário Camboriú é a cidade mais arborizada da região, aponta IBGE

Balneário Camboriú é a cidade mais arborizada da região, aponta IBGE

No dia 21 de setembro, véspera da primavera, é celebrado o Dia da Árvore. Mesmo tendo um dia para marcar a importância de termos árvores em nossas cidades, os municípios ainda precisam avançar muito no tema áreas verdes nas zonas urbanas.
Dados do IBGE mostram que a cidade com a pior arborização na nossa região é Navegantes, que tem apenas 11% de árvores em suas ruas. A melhor cidade é Balneário Camboriú que aparece com 78% de arborização.
Os dados fazem parte do Censo 2010, quando pela primeira vez o IBGE decidiu investigar as características do entorno das casas, como iluminação pública, pavimentação, calçadas, meio-fio (guia), placas de identificação de ruas, praças e outros logradouros, rampa para cadeirantes, bueiros para escoamento de água de chuva, arborização, esgoto a céu aberto e lixo acumulado.
O estudo analisou os entornos de moradias urbanas que estão localizados em quadras ou quarteirões. Um terço dos domicílios em áreas urbanas não têm uma árvore no entorno. São 14,9 milhões de moradias (32% do total pesquisado) onde vivem 50,5 milhões de pessoas (33%). A região Norte é a mais carente de áreas verdes. O sudeste tem mais cobertura verde, com apenas 26,5% de casas sem árvores por perto.
A melhor taxa de arborização fica nos pequenos municípios de até 20 mil habitantes, onde somente 29,4% dos domicílios não têm árvores plantadas ao redor. O pior desempenho é das cidades médias com população de 100 mil a 200 mil habitantes: 34,6% das residências não têm árvores no entorno.
Na nossa região, Navegantes é a cidade com menos árvores em passeios públicos. Navegantes, segundo o IBGE, é a pior colocada com apenas 11% das vias arborizadas ficando entre as 550 cidades brasileiras com pior taxa. O destaque positivo fica para Balneário Camboriú que, de acordo com o IBGE, possui 78,1% de suas ruas arborizadas, aparecendo na posição de 2.550 entre todas as 5.570 cidades brasileiras.
Piçarras aparece 24,3% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização, Porto Belo 20,3%, Barra Velha 25,6%, Itajaí 33,2%, Camboriú 33,4%, Itapema 35,3%, Penha 39,5% e Bombinhas 56,7%.

Riqueza compartilhada
Para ajudar a arborizar a região, o projeto Riqueza Compartilhada, da Credifoz Cooperativa de Crédito, irá distribuir até novembro deste ano 50 mil de mudas de 19 espécies para plantio nas cidades de Itajaí, Balneário Camboriú, Penha, Piçarras, Navegantes, Camboriú, Itapema e Tijucas como celebração pela marca atingida de 50 mil cooperados.
Especialmente nesta segunda-feira, 21, Dia da Árvore, haverá uma distribuição de mudas para quem visitar um dos postos de atendimento da Credifoz nas cidades de Piçarras, Penha, Navegantes, Itajaí e Balneário Camboriú.
Uma ONG de Itajaí, que oferece a equoterapia como um método terapêutico para a reabilitação de pessoas com deficiência, síndrome de down e jovens e crianças com depressão, a Adequo Equoterapia, recebeu no sábado 200 mudas de árvores de diversas espécies que foram plantadas ao longo do terreno da associação.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com