Home Notícias Geral Árvore nativa é cortada em calçada da Joca Brandão

Árvore nativa é cortada em calçada da Joca Brandão

Árvore antiga ficava perto da esquina com a rua camboriú, bem no centro

Árvore nativa é cortada em calçada da Joca Brandão

Abela aroeira que ficava na calçada da avenida Joca Brandão, próximo à esquina com a rua Camboriú, no centro de Itajaí, foi ceifada ontem. O que parece ter sido um crime ambiental foi cometido no trecho que fica na frente da Localiza, empresa de aluguéis de carro.
Depois que o corte foi feito, os troncos foram deixados por lá, interditando a calçada. “Isso é um desrespeito. Além de cortarem uma árvore bonita dessas, ainda trancam aqui a passagem da gente”, reclamou a secretária Christiane Paulo, 35, que no final da tarde de ontem passava por lá com o marido e o filhotinho de seis anos. A família teve que andar pelo leito da avenida.
O plantão da fiscalização do Instituto Cidade Saudável (ex-Famai), da prefeitura, informou que cortes de árvores não podem ocorrer no final de semana. Além disso, a retirada da poda ou do que resultou dos cortes têm que ser feito pelo responsável.
Os fiscais não haviam, até ontem no meio da tarde, recebido denúncias, mas afirmaram que vão investigar o caso. Somente nesta segunda-feira, quando o setor administrativo funciona, é que poderão checar se havia ou não autorização do corte da aroeira – que é uma árvore nativa e imune ao corte.
Para a autora da foto que registrou as árvores já caídas, é estranho que a Localiza tenha deixado rolar o corte da árvore e não impediu. Por isso, suspeita, é possível que a empresa seja a responsável pela derrubada.
A Localiza funciona aos domingos até às 14h. Ontem à tarde, quando a reportagem esteve no local, o escritório já estava fechado. As ligações para a empresa não foram atendidas.

Aroeira fornece frutos e é medicinal

A aroeira também é conhecida como aroeira-mansa ou aroeira-vermelha. Chega perto dos 10 metros de altura, tem tronco tortuoso e produz um fruto vermelho que também é usado como pimenta. Por isso, seu outro nome: aroeira-pimenteira. A pimenta que ela produz é chamada de pimenta-rosa.
Esses mesmos frutos também são um chamariz para vários pássaros, entre eles as sabiás.
Na medicina popular, é usada para chás, em especial para gargarejos contra infecção de garganta e também no tratamento de feridas no colo do útero.
Árvore nativa, ela é encontrada do Rio Grande do Sul a Pernambuco. No interior, chega até o Mato Grosso do Sul. Uruguai, Argentina e Paraguai também tem registro da presença desta árvore.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com