Home Notícias Geral Arquiteto de Itajaí vence prêmio internacional

Arquiteto de Itajaí vence prêmio internacional

Projeto de Rodrigo Kirck homenageia o município por sua vocação portuária

Rodrigo era o único brasileiro na categoria e disputou o prêmio ao lado de um projeto da Dinamarca e três dos Estados Unidos.

Ele venceu! O arquiteto itajaiense Rodrigo Kirck foi o mais votado no prêmio Architizer Awards 2017, o principal e mais reconhecido prêmio de arquitetura mundial. A vitória foi conquistada por voto popular na categoria Arquitetura Pré-fabricada com o projeto “Container”, inspirado na vocação portuária e no estilo urbano no entorno do Porto de Itajaí. No dia 11 de maio, Rodrigo receberá o prêmio em Nova Iorque.

A obra de conceito inovador, no centro de Itajaí, foi a forma encontrada pelo profissional nascido e formado em Itajaí de agradecer ao município por ser berço do seu trabalho de sucesso. Rodrigo era o único brasileiro na categoria e disputou o prêmio ao lado de um projeto da Dinamarca e três dos Estados Unidos.

“Não foi fácil estar em uma final com votação mundial, concorrendo juntamente com o projeto de um dos nossos ídolos da arquitetura, consagrado internacionalmente. Isso acabou nos dando mais garra para conseguirmos conquistar um prêmio tão difícil e desejado”, comemora Rodrigo.

Conheça o projeto

O projeto foi intitulado “Container” e o nome ilustra muito bem a estrutura da construção: quatro contêineres de 40 pés que iriam pro lixo foram restaurados e transformados em uma verdadeira obra de arte. Empilhados em dois módulos, o prédio tem dois andares e área total de 135 metros quadrados na rua Tubarão (bairro Fazenda). Inaugurado no final de 2016, a construção segue um modelo conceitual sustentável que une arquitetura, criatividade, arte e natureza.

Desenvolvido para reduzir o uso de iluminação artificial, sobre os contêineres também estão instalados dois grandes telhados-jardins que cumprem várias funções: reduzir o impacto da radiação solar, captar água das chuvas para reuso e ser um reservatório de águas pluviais, diminuindo o impacto no sistema de coleta pública. O jardim ainda oferece aos moradores das edificações vizinhas cores e um conforto visual.

Tudo no Container tem uma razão de ser, desde o logotipo que faz menção à origem indígena do arquiteto, aos laços afetivos que mantém com a cidade de Itajaí e a sua ligação com a indústria naval, representada pelo próprio container.

No projeto de interiores, tudo é muito simples e ao mesmo tempo de grande refinamento. Aconchego, conforto térmico, visual e integração são prioridades que receberam tratamento especial por meio da decoração. Luminárias com design próprio, peças funcionais, materiais reaproveitados, cores em harmonia e arte.

A arte, inclusive, aparece impressa em todos os ambientes. Nada de quadros. As pinturas assinadas por cinco artistas são eternizadas nas paredes e nas portas.

Elaine Mafra
Jornalista formada pela Univali em 2006. elaine@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com