Home Notícias Geral Apoiadores de Fabrício dão queixa à polícia de tentativa de invasão do comitê por vereador da oposição

Apoiadores de Fabrício dão queixa à polícia de tentativa de invasão do comitê por vereador da oposição

A poucos dias das eleições municipais, o clima está fervendo na disputa. O sábado de campanha está agitado em Balneário Camboriú.  Segundo os apoiadores da reeleição de Fabrício Oliveira [Podemos], houve ameaças e tentativa de invasão do comitê de campanha pelo candidato a vereador, Nilton Probst [MDB], acompanhado pelo filho.

A equipe da coligação “Fazer o Futuro Acontecer”, dos candidatos Fabrício Oliveira e Carlos Humberto, relatou que na manhã deste sábado apoiadores estavam no comitê da Quinta avenida, no bairro dos Municípios, fazendo a plotagem de carros, quando o local foi invadido. Teria havido  gestos e ameaças de puxar arma de fogo.

Logo depois, mais um rapaz, que relataram ser filho do vereador, tentou invadir o comitê e agrediu um dos integrantes da equipe.

Cabos eleitorais de Nilson  também xingaram  o pessoal de Fabrício, que reagiu com outros xingamentos e fechando o portão.

O pessoal da coligação de Fabrício registrou um boletim de ocorrência.

O candidato Nilson Probst não quis explicar à reportagem o que houve. Ele disse que divulgaria uma nota “relatando a verdade”. 

A nota foi publicada quase 16h deste sábado.  O vereador diz que “infelizmente, enquanto eu, minha família e um grupo de mulheres que são nossas apoiadoras passávamos em frente ao comitê do candidato oponente, numa caminhada pacífica, fomos provocados por apoiadores do mesmo, da mesma forma que na semana passada já havia ocorrido numa caminhada que fizemos no bairro das Nações”.

Continuando, ele diz que além de palavras de baixo calão, ele e o filho ouviram “palavras dirigidas para as mulheres da nossa família e também as demais apoiadoras do MDB”.

“Aceito a disputa política e compreendo que a exaltação faça parte destes momentos, mas, como pai e marido, não posso aceitar calado nem ver meus filhos e minha esposa sendo ofendidos de forma grosseira, nem muito menos outras mulheres que estavam conosco”, escreveu Nilson em sua página do Facebook.
 
Entre outras coisas, ele diz que lamenta o ocorrido e também registrou um boletim de ocorrência, pois relata perseguição e ameaça a seu assessor por um indivíduo armado, que ainda não teria sido identificado.

Veja imagens:

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com