Home Notícias Geral Amfri se solidariza com cancelamento da Festa da Tainha

Amfri se solidariza com cancelamento da Festa da Tainha

A 11ª Festa da Tainha de Itajaí, que seria realizada no dia 29 de junho, foi cancelada pela falta do peixe no mercado, como explica a prefeitura de Itajaí. A Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí (Amfri) emitiu uma nota de solidariedade pela decisão do município.

Na nota, a associação disse que reconhece a tradição da festa em Itajaí e como ela é aguardada pelos moradores e turistas. A entidade disse que também reconhece a importância da safra da tainha pras famílias da região e como elas serão afetadas com a proibição da captura da e estendeu seus votos de solidariedade ao setor pesqueiro.

Proibição

A pesca foi suspensa pela justiça e das 32 licenças afetadas, 11 delas são de traineiras de Itajaí. A soma dos 13 dias em que os barcos ficaram sem pesca da tainha resulta em cerca de R$ 60 milhões de prejuízo.

A justiça entendeu que, no ano passado, houve captura de tainha além da cota permitida e isso coloca a espécie em grande risco de extinção.

O tribunal Federal da 4ª Região (TRF-4) também apontou problemas no sistemas de controle de capturas, o Sistainha, e no de monitoramentos via satélite das embarcações, o Preps. A União precisa provar que estes sistemas funcionam.

Há também o problema climático. O Sintrapesca disse ao DIARINHO na quinta-feira que os peixes não aparecem na costa porque não está fazendo frio. Segundo eles, os cardumes estariam concentrados na costa entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai.

O período da safra industrial da tainha vai até 31 de julho.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com