Home Notícias Geral A Marejada mais sustentável da história

A Marejada mais sustentável da história

Água potável será distribuída gratuitamente em bebedouros; venda de garrafas plásticas de água está proibida

A 33ª Marejada abre nesta terça-feira, em Itajaí, às 20h30, com uma pegada de sustentabilidade e inclusão. Uma das novidades é a proibição de venda de garrafas plásticas. Trinta bebedouros de água potável, numa parceria entre o Semasa e a patrocinadora Europa, foram espalhados pela festa. A expectativa é a economia de 40 mil garrafas plásticas ao longo do festerê.
O objetivo é eliminar o uso de garrafas descartáveis, gerando menos resíduos plásticos ao ambiente.
A expectativa é que nos 13 dias de festa sejam consumido 20 mil litros de água, distribuídos gratuitamente. “Esse é o maior serviço de hidratação realizado por grupo Europa em eventos. Com a água que iremos fornecer, iremos evitar o consumo de 40 mil garrafas plásticas de 500 ml”, contabiliza o empresário Vilton Santos.
No ano passado, a festa já tinha colocado à disposição da população os bebedouros do Semasa, mas havia venda de água mineral nos restaurantes. Somente a Tasca Portuguesa venderá água mineral, mas em embalagem de vidro.
Rampas especiais vão garantir o acesso facilitado de cadeirantes aos bebedouros.
Pra tomar a água, copos ecológicos, com frases “Eu amo a Marejada e “Sou pexero”, estarão sendo vendidos a R$ 8. Quem não quiser ficar com eles, pode devolver no final da festa e ter o valor reembolsado.
As embalagens para alimentos também serão 100% sustentáveis, graças a uma parceria com a Klabin. O pratos serão de papel e os talheres de madeira de reflorestamento.

Conscientização
A prefeitura de Itajaí também anunciou parceria com o ministério do Meio Ambiente, por meio do projeto de combate ao Lixo Marinho, com o objetivo de iniciar ações de conscientização na Marejada, que terá a realização do 1° Fórum Kids de Sustentabilidade, nos dias 14 e 16 de outubro.
A ideia é contar com a participação de 1000 crianças das escolas de Itajaí.
O Planetário, que vai exibir filmes sobre o planeta e de conscientização ambiental, também estará aberto diariamente na Marejada. A entrada é gratuita.
Para quem quiser chegar ao Centreventos de bike, a boa notícia é que a organização ampliou o bicicletário. Agora são 100 vagas.
A entrada ao Centreventos é gratuita. A abertura oficial, com a sangria do primeiro barril de chope, será às 20h30, mas os portões abrem às 18. Nos dias de semana a festa sempre abrirá das 18hàs 24h. E nos finais de semana, das 10 da manhãàs 24 horas.
Ao longo dos próximos 13 dias, estima-se que 300 mil pessoas visitem o Centreventos.

Acessibilidade
Já na entrada da festa, à direita, haverá um balcão da acessibilidade, em que intérpretes em libras e outros representantes do conselho Municipal dos Portadores de Deficiência de Itajaí (Comadefi) recebem e orientam pessoas com quase todos os tipos de necessidades especiais.
Os cardápios da festa terão descrição em áudio. Haverá cadeiras de rodas disponíveis e mesas táteis para os cegos. “No ano passado, recebemos depoimentos e podemos assegurar com certeza que a Marejada é a única festa do eEstado que garantiu a acessibilidade plena, além de ser gratuita”, destaca a presidente do Comadefi, Bianca Reimão.
O secretário de Turismo, Evandro Neiva, informou que haverá um local mais isolado na área da festa, o espaço Kids, para o caso dos portadores de autismo terem problemas com o excesso de barulho ou de agitação.
Pro ano que vem está prevista a inclusão de um espaço para portadores de síndrome de down e de outros portadores de deficiências.“A gente evoluiu muito, mas ainda há muito a fazer”, reconhece Neiva.

100 artistas locais

Nos 13 dias de festa serão mais de 100 atrações nos palcos da festa. Todos talentos locais e regionais. O primeiro show fica por conta da banda Siri na Lata, a partir das 19h45 de hoje. Às 22h15 será a vez da banda Tok Final subir ao palco.
No pavilhão da Sardinha, onde rampas de acesso a portadores de deficiência foram instaladas ontem, o show fica por conta de Lucas Natã, que começa a tocar às 19h e de Alan, que abre sua apresentação às 22h.
Na Tasca Portuguesa, a apresentação fica por conta de Célia Pedro, a partir das 21 horas.
Quarta-feira a animação fica por conta da Intermezzo Pop Rock, a partir das 19h. Às 21h30 será a vez da Cor do Sol. No pavilhão da Sardinha cantam Honey Drip, a partir das 19h15, e Maloka Nunes, às 21h45. Célia Pedro canta na Tasca Portuguesa.
Na quinta as atrações são João Vicente/Gabriel e Torre de Babel no pavilhão da Gastronomia e do Grupo de Choro e Irahê, no pavilhão da Sardinha.

Montanha-russa e mais 18 atrações no parque
O parque Tupã instalou 19 brinquedos no Centreventos. O destaque fica com a montanha russa, Roller Coaster, com um loooping de 12 metros e uma volta com duração de um minuto.
Além dela, vários brinquedos prometem muita adrenalina aos frequentadores da festa. Entre eles destacam-se o Surf, que gira lateralmente em alta velocidade e o Trem Fantasma de dois andares. Os ingressos para o parque custam de R$ 8 a R$ 10.
Os brinquedos não tem acesso para portadores de necessidades especiais. A recomendação da direção do parque é que pessoas com problemas cardíacos evitem os brinquedos.
Além disso, haverá uma área de entretenimento indoor, no anexo do Centreventos, com atrações como labirinto e jogos virtuais.

Gastronomia pra todos os gostos e bolsos

Como não poderia deixar de ser, a Marejada promete um show de gastronomia. Os chefs se esmeraram na elaboração dos cardápios, com ênfase aos frutos do mar. São 10 restaurantes espalhados pelo Centreventos. Dentre as opções mais acessíveis, destaque para o tradicional bolinho de bacalhau, que será vendido a R$ 5. Camarão no palito poderá ser saboreado a R$ 6.
Já para os gostos mais requintados, a dica é provar um delicioso Bacalhau às Natas, que será comercializado a R$ 30, na porção de 400 gramas. Lula a Dorê será o prato mais caro comercializado na festa. A porção de 400 gramas custará R$ 55. Na Tasca Portuguesa os pratos serão servidos a la carte. Todos os cardápios estão disponíveis em QR Code, em vários pontos da estrutura.

Chope da Germânia e cervejas artesanais

Para quem aprecia uma boa cerveja, opções não faltam. O chope é do tipo Pilsen, da marca Germânia. O copo de 500 ml será vendido a R$ 10. Já o chope especial será comercializado a R$ 12. As cervejarias artesanais de Itajaí também entram na festa e oferecem deliciosas opções, todas vendidas a R$ 13. Refrigerantes serão vendidos a R$ 6 e os sucos a R$ 8 . A água, vale frisar, é de graça.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com