Home Notícias Geral 300kg de óleo vazados e R$ 12 mil de prejuízo

300kg de óleo vazados e R$ 12 mil de prejuízo

Mais de uma semana após o derramamento de óleo que tomou conta de quase toda a extensão do ribeirão Schneider, no bairro Fazenda, em Itajaí, a fundação do Meio Ambiente peixeira (Famai), ainda não descobriu quem foi o responsável pelo crime ambiental. Mas o prejuízo para os cofres públicos deve sair na faixa dos R$ 12 mil.
Desde o dia 31 de outubro, quando foi descoberto e segundo informou ao DIARINHO, a Famai contratou a empresa Ecosorb Tecnologia de Proteção Ambiental para conter o vazamento e retirar o óleo do rio. Rogéria Santos Mussi, superintendente da Famai, informa que os técnicos levaram três dias para retirar aproximadamente 300 quilos de óleo.
Até agora, não foi possível identificar a origem do vazamento. Rogéria explica que a região abriga postos de gasolina e oficinas mecânicas, locais onde, possivelmente, possam ter rolado um derramamento. “Nossos técnicos estão monitorando pra detectar a origem, só que é difícil. Por isso, vamos pegar a embarcação da Famai e vamos por dentro do rio pra ver as canalizações que vão direto pra rede pluvial”, comenta.

Multa e mais R$ 12 mil
O relatório com a quantidade exata e outras informações sobre o vazamento deverá ser entregue pela Ecosorb ainda hoje. Com isso, a Famai vai poder calcular os danos ambientais. “Sabemos que não teve muitos danos; conseguimos conter rápido”, diz.
O autor do vazamento, se for identificado, será autuado por crime ambiental, além de pagar multa _a prefeitura, incluindo os R$ 12 mil gastos para conter o vazamento.
Ainda segundo Rogéria, durante a contenção do óleo, um incidente agravou a situação: um barquinho de um pescador passou pelo ribeirão e na caruda, retirou a proteção para conter o vazamento. O dono do barco também será autuado, pois dispersou um pouco de óleo.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com