Home Notícias Esporte Tudo embolado na subida para a Bahia

Tudo embolado na subida para a Bahia

Barcos passam pelas refinarias de petróleo e gás na costa brasileira

Os sete barcos que saíram no domingo de Itajaí estão espalhados, mas a diferença entre eles em relação à liderança é pequena. Na tarde de ontem, o Vestas 11th Hour Racing tinha vantagem de apenas 10 milhas náuticas para o team AkzoNobel, sétimo colocado.
Na etapa com destino a Newport, nos Estados Unidos, os barcos passam pelas refinarias de petróleo e gás na costa brasileira, principalmente entre São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Há uma zona de exclusão nesse trecho e por isso os times estão mais a leste do Atlântico. Apenas o Sun Hung Kai | Scallywag está apontado para norte.
Hoje os barcos devem entrar nos chamados ventos alísios, já na costa nordestina.
“Estamos navegando pelo lado de fora de uma área de exclusão, outro campo de petróleo. Os ventos são leves e o estado do mar é plano. Ainda estamos com o Vestas no visor e os outros parecem estar atrás de nós. Tenho que estar feliz com isso’’, disse Dee Caffari, da Turn on Tide on Plastic.
A competição tem o Dongfeng Race Team como líder da classificação geral, um ponto de vantagem para o MAPFRE. Faltam quatro etapas para o fim da competição.

Elaine Mafra
Jornalista formada pela Univali em 2006. elaine@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com