Home Notícias Esporte Time do Figueira confirma a greve

Time do Figueira confirma a greve

Time do Figueira confirma a greve. Foto: Guto Marchiori

Os jogadores do Figueirense não treinaram na tarde desta quinta-feira e optaram por manter a greve motivada pela crise financeira no time. A paralisação, que culminou com o WO na Série B do Brasileirão diante do Cuiabá, já dura seis dias. Há a possibilidade de um novo WO na próxima rodada.

O elenco deveria iniciar a preparação pra enfrentar o CRB, no sábado, mas, em pronunciamento no estádio Orlando Scarpelli, o grupo afirmou que não vai treinar.

O volante e capitão Zé Antônio, com apoio dos companheiros, expôs a situação financeira do clube e rebateu a nota oficial do Figueirense sobre o pagamento dos salários. A diretoria afirma ter quitado pendências salariais dos funcionários e jogadores do sub-15 e sub-17.

“Foi paga parte dos salários, sim, mas tem muita coisa para ser resolvida ainda. Não foi quitado tudo, e por uma irresponsabilidade completa do diretor de marketing do clube, citou meu nome no final tentando jogar a torcida contra mim e aos atletas”, explicou Zé.

Ao todo, 10 salários da base estão atrasados juntando 2018 e 2019: CLT de agosto a novembro de 2018 e salário de julho de 2019.

As comissões técnicas da base e profissional estão com salário atrasados de novembro e dezembro de 2017, julho, agosto, setembro, novembro de 2018, férias de 2018 e salário de julho de 2019.

Os outros funcionários estão com salário de outubro, novembro de 2018 e férias de 2018 em aberto, além de não recolher FGTS há vários anos. Empresa de ônibus, cozinha, hotel e lavanderia também estão sem receber.

Ainda não há certeza se eles entrarão em campo no sábado, diante do CRB. O jogo está marcado para 19h, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com