Home Notícias Esporte Parada forçada custa liderança da Volvo pra equipe Mapfre

Parada forçada custa liderança da Volvo pra equipe Mapfre

Equipe Brunel lidera sétima etapa da Regatona. Barcos devem chegar em Itajaí no dia 6

A parada de cerca de 13 horas para reparar uma vela, no cabo Horn, no Chile, custou à equipe espanhola Mapfre a liderança da sétima etapa da Volvo Ocean Race 2017-18. Quem lidera o trajeto entre a Nova Zelândia e o Brasil, agora, é o Team Brunel, da Holanda, que tá a cerca de 1.600 milhas náuticas de Itajaí.

A previsão é que todos os barcos cheguem à cidade entre os dias 4 e 6 de abril. O vencedor da etapa ganhará pontuação dobrada.

A Mapfre, que recebeu auxílio até do barco da família Schurmann, retornou à prova quando estava 260 milhas atrás da Brunel e agora tenta se recuperar.  “Tivemos até sorte, pois isso ocorreu perto e tivemos ajuda da equipe de terra”, disse o velejador Pablo Arrarte, da armada espanhola.

Apesar da liderança, a Brunel vê a vantagem pra Mapfre diminuir gradativamente.

 “É duro ver que estamos perdendo vantagem. Os barcos que vêm atrás têm melhores condições. Havia uma previsão que o Mapfre ganharia esta etapa! Mas isto é vela, nem sempre divertida, nunca previsível e é isto que a torna especial”, escreveu Bouwe Bekking, skipper do Brunel.

Em desvantagem, equipe Mapfre agora tenta se recuperar

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com