Home Notícias Esporte Mudança no Cílio

Mudança no Cílio

Alegando problema de saúde, Caloca deixa o cargo e Wagner Lúcio assume o departamento de futebol

Wagner Lucio de Souza é o novo diretor de futebol profi do Marinheiro. Ele foi confirmado no final da tarde de ontem pelo presidente do clube, Abelardo Lunardelli, e já assume o departamento. A mudança rolou por causa da saída de Euzébio Pereira Neto, o Caloca, que pediu seu desligamento do clube na noite de sexta-feira, alegando problemas de saúde. “Meu médico pediu pra eu diminuir meu ritmo. Vou cuidar da minha saúde e ficar na torcida pelo Marcílio Dias”, afirma Caloca.
Secretário de Turismo da city peixeira, Wagner assumiu o cargo de diretor social do clube no início da gestão Lunardelli e no começo de junho passou pro cargo de diretor de marketing. Apesar da falta de experiência, agora vai ser o responsável pelo futebol profi com liberdade pra tocar a barcaça. “Dei carta branca pro Caloca e agora vou dar carta branca pro Wagner”, garante o presidente rubro-anil.
Além do cargo de diretor, o departamento de futebol profi do clube tem um coordenador de futebol, Zeca Albuquerque, e um supervisor, Marcelo Negreiros. Uma das primeiras missões do novo diretor de futebol vai ser definir como vai ficar o departamento e cuidar de problemas como a falta de peças no elenco – na semana passada saíram sete jogadores e chegou só um. Hoje, há a necessidade de reforçar o time, que é quarto colocado da Segundona do campeonato Catarinense com oito pontos, quatro a menos que o líder 15 de Outubro, de Indaial.

E o marketing?
Com a saída de Wagner do departamento de marketing, o cargo ficou vago. Ainda essa semana deve ser definido o nome do novo diretor. “Estamos vendo. Alguns nomes tão sendo indicados por diretores do clube, mas quem vai decidir o novo diretor sou eu”, conta Abelardo.

Dentro de campo
Sem pensar no que rola nos bastidores do clube, o time marcilista segue o trabalho de preparação pra partida de amanhã à noite, às 20h30, contra o Porto, em União da Vitória/PR. Hoje, a equipe faz o último treino de manhã, no Gigantão das Avenidas, e no começo da tarde zarpa pra partida. “Vamos trabalhar mais um pouco a bola parada. Hoje [ontem] à tarde já trabalhamos um pouco isso e de manhã fiz um coletivo”, diz Cláudio Roberto, treinador do Marinheiro.
Sem Veloso, que simandou pra Cuiabá/MT na semana passada, e Márcio Kessler, que vai operar o joelho direito, o treinador vai ter que apostar num goleiro da base. Será Edmar, 18 anos, que ganhou a disputa com Laurinei, o Alemão, 19. “O Edmar fez um bom estadual e está com mais ritmo de jogo que o Alemão”, explica o treinador.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com