Home Notícias Esporte Itajaí Vôlei apresenta time da Superliga B

Itajaí Vôlei apresenta time da Superliga B

O Itajaí Vôlei apresentou ontem de manhã as atletas que vão representar o município na Superliga B, segunda divisão do voleibol nacional, a partir de sábado. A equipe tem atletas consagradas mesclando com novos nomes, mas que também estão acostumadas com o pódio, trazendo a garra e o vigor da juventude pra quadra.
O principal nome é o da capitã e ponteira Wélissa de Souza Gonzaga, a Sassá. Aos 37 anos, a atleta traz a experiência em competições importantes. Foi ouro nos Jogos Mundiais Militares realizados este ano na China; cincos vezes ouro no Grand Prix; prata de dois Campeonatos Mundiais e de um Pan-Americano. Além de carregar no peito a marca da medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de 2008.
Não é apenas Sassá que traz um currículo pra animar a torcida. As ponteiras Natália Danielski, campeã Juvenil e da Copa São Paulo Adulto, em 2018; Ana Beatriz Magnabosco, a Bia, campeã dos Jogos Regionais e vice-campeã dos Jogos Abertos, em 2018, no estado de São Paulo; Lohayne Endres, campeã dos Jogos Regionais e 2º lugar dos Jogos Abertos de São Paulo, em 2019; e Ilisandra Paula Klein, a Pully, que nas últimas quatro temporadas atuou na Hungria, Grécia, Espanha e Tailândia.
As levantadoras são Maynara Rossi, que já representou os times de São Caetano e Amparo; Yasmin Fonseca, campeã do campeonato Paulista juvenil; e Thayná Ferreira de Moraes, medalha de bronze do Brasileiro, participante de oito temporadas da Superliga.
As líberos são Brunna Shigueno, bicampeã mineira e vice-campeã da Copa Herbalife em Lima, no Peru; e Juliana Paes Filippelli, campeã mundial Sub-23, em 2015, à frente da Seleção Brasileira e prata na Superliga, em 2014.
As centrais são Yvea Bastos Gomes dos Santos, bronze no campeonato Paulista Sub-21, em 2018 e tricampeã Sul-Americana em 2013, 2014 e 2016; Emanuella Fenicchia, campeã do Open de Vôlei e atleta destaque em 2014; Emanuelle dos Santos, a Manuzona, campeã da Taça Paraná em 2014 e bronze no campeonato Paranaense em 2019; além de Leticya Franco de Souza Paulo, medalha de ouro, prata e bronze em edições do campeonato Paulista.
A oposta é Letícia Bonardi Cordeiro, vice-campeã no campeonato Bósnio em 2019, bronze da Liga B em 2016 e vice-campeã da Liga B em 2015.

Retaguarda de responsa
O treinador da equipe é Cássio Leandro das Neves que, como jogador, subiu ao primeiro lugar do pódio da Liga Mundial e por cinco vezes foi campeão da Superliga Nacional. Ele atuou como auxiliar técnico na temporada 2018/2019.
O Itajaí Vôlei é presidido por Elisângela Oliveira, medalhista olímpica em Sidney (2000), na Austrália, e uma das maiores pontuadoras da história da Superliga nacional. Ao lado dela está a supervisora Ana Paula Lopes Ferreira, a Fofinha, com experiência em clubes nacionais e internacionais.

Estreia sábado no Ivo Silveira

O Itajaí Vôlei faz sua estreia no sábado contra o ACV/PMC/Chape/Uno, de Chapecó. As equipes se enfrentam em Itajaí, no ginásio de Esportes Ivo Silveira, a partir das 18h30. Até 7 de março, acontece a fase classificatória. As quartas de finais e semifinais iniciam logo em seguida e seguem até abril. A final está prevista pro dia 11 de abril, às 21h30, com transmissão ao vivo pela SportTV.
Os ingressos pra estreia já estão à venda pelo site Sympla (bit.ly/38meEZU) ou podem ser adquiridos na bilheteria do Ivo Silveira, a partir das 17h do dia da partida. Os valores são R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada), pra crianças de 6 a 12 anos, estudantes, professores e pessoas acima de 60 anos. Crianças até cinco anos não pagam.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com