Home Notícias Esporte Duelo no Robertão: Cambura e Barra

Duelo no Robertão: Cambura e Barra

Barra e Camboriú empataram em 2 a 2 em Itajaí

Já sem chances de acesso e fora do risco de rebaixamento, Camboriú e Barra se despedem da série B do campeonato Catarinense se enfrentando na noite dessa quarta-feira, às 19h, no estádio Robertão, em Camboriú. Apesar de não terem mais nada em disputa, as duas equipes querem vencer o clássico local para terminar bem o ano, já que ambas não disputarão a Copa Santa Catarina, a partir de setembro, e só voltarão às atividades profissionais em 2020.
Para a Cambura, o jogo vale a honrosa quarta posição na classificação geral. O Tricolor está dois pontos a frente do Inter de Lages e se vencer não poderá mais ser alcançado pelo Colorado. Depois de um começo muito ruim na competição, segurando a lanterna nas primeiras rodadas, a Cambura se reforçou ao longo do campeonato e chega na última rodada com a segunda melhor campanha do returno.
“Foi um returno incrível. A equipe começou a engrenar, ganhou corpo e entrou no espírito da competição. Creio que vamos fechar com uma grande vitória e, caso o Concórdia empate no final de semana, nós teremos a melhor campanha do returno. É uma pena não ter chegado mais longe, não ter buscado o acesso, mas fica o gostinho de que poderia ter acontecido”, comenta o goleiro Paulo Sérgio, um dos jogadores que chegou já no fim do primeiro turno ao Camboriú.
Para enfrentar o Barra, o único desfalque é o zagueiro Carlão Faria, que está suspenso. Em seu lugar retorna Júnior Juazeiro, que não enfrentou o Almirante Barroso também por conta de uma suspensão.

Barra foge da lanterna
Se o Camboriú conseguiu melhorar sua campanha no returno, o Barra não pode dizer o mesmo. Mesmo com vários reforços contratados ao longo da competição, o Pescador somou apenas duas vitórias em 16 partidas disputadas e entra na última rodada fugindo da lanterna da competição. O Barra está a frente do Próspera, último colocado, somente por conta do saldo de gols. Pra sorte do Pescador, o Blumenau foi excluído da série B pela FCF e, automaticamente, é o único rebaixado.
De acordo com o técnico Cristian de Souza, o objetivo no clássico é mostrar profissionalismo dentro de campo. “É um jogo que em tese já não vale nada, porque as duas equipes não brigam mais por classificação, mas a gente vai pela dignidade profissional e pela dignidade do clube que nós representamos e que sempre nos deu todas as condições. Nada mais justo que nós profissionais retribuirmos isso com um desempenho competitivo diante do Camboriú”, comenta.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com