Home Notícias Esporte Cílio perde em casa

Cílio perde em casa

Marinheiro pressionou até o fim, mas não conseguiu buscar o empate

O Marinheiro decepcionou os mais de três mil torcedores que foram ao Gigantão das Avenidas na tarde de domingo. Jogando diante do Metropolitano, o Marcílio Dias acabou derrotado por 1 a 0 e perdeu a grande chance de voltar ao G4 do Campeonato Catarinense da Série A. O único gol do jogo foi marcado por Ari, em contra-ataque rápido no segundo tempo. Apesar da pressão até o apito final, o Marcílio não conseguiu o empate.
Com o resultado o Marinheiro segue em quinto lugar com 20 pontos, empatado com o Brusque em número de pontos, mas atrás no saldo de gols. O problema é que o Marreco entra em campo nessa segunda-feira, contra o Atlético Tubarão, fora de casa. O Marcílio volta a campo no sábado, às 16h, contra o Joinville, na casa do Joinville.

O jogo
A primeira grande chance do Marinheiro saiu logo aos cinco minutos de jogo, em cabeçada de Roni que passou ao lado. A reposta do Metrô veio em jogada de Ari, que bateu cruzado para fora. O meia do Metropolitano teve outra chance aos 19, mas Wallace afastou o perigo. A zaga do Metropolitano também evitou o gol em chute de Juninho Tardelli em sobra de escanteio. O gol do Marinheiro quase saiu em cabeçada de Wallace que tirou tinta da trave.
Na segunda etapa o Marcílio Dias voltou mais ofensivo, mas tomou um susto aos cinco minutos. Schmoller arriscou de longe e acertou o travessão de Tom. Enquanto o Marcílio tentava pressionar, o Metropolitano apostava nos contra-ataques. Primeiro foi Júnior Pirambu quem saiu frente a frente com Tom, mas bateu pelo lado. Paulinho também entrou livre pela direita, mas bateu cruzado pra fora.
Até que aos 22 minutos o contra-ataque foi fatal. Ari recebeu livre pela esquerda e tocou na saída do goleiro para abrir o placar. A resposta rubro-anil veio três minutos depois, em cabeçada de Jonathas pra fora. Com as entradas de Giba, Lauder e Juliano Levak, o Marcílio aumentou ainda mais a pressão, mas esbarrava na zaga bem postada.
Lauder teve a grande chance aos 33, mas o chute no ângulo foi defendido por Fabian. Sem conseguir entrar na área, Giba ainda arriscou um chute de fora da área que desviou a zaga e passou perto. Nem a expulsão de Renan, do Metrô, já nos acréscimos foi suficiente para que o Marinheiro marcasse o gol do empate.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com