Home Notícias Esporte Chape quer anular final

Chape quer anular final

Imagens não deixaram claro se a bola entrou totalmente ou não; Avaí decretado campeãoChape ingressou com ação contestando a final

A Chapecoense entrou com uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva-SC (TJD) pedindo a anulação da final do campeonato Catarinense, conquistado pelo Avaí. O pedido foi aceito pelo presidente da entidade, Felipe Branco Bogdan. O julgamento será realizado, mas sem data marcada.
O Verdão do Oeste argumenta que houve erro da arbitragem na última penalidade cobrada por Bruno Pacheco, no domingo, em que a bola teria entrado completamente. No entanto, o árbitro Bráulio da Silva Machado entendeu que não entrou.
O Avaí recebeu a citação e tem até hoje pra reunir as provas de defesa. Depois, o processo é encaminhado pra manifestação da procuradoria e julgamento.
Com essa ação da Chape, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) fica impossibilitada de homologar o Avaí como campeão estadual de 2019.

Polêmica
Com o empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, Avaí e Chape decidiram o título do Catarinense nos pênaltis. A Chape já tinha desperdiçado uma cobrança quando o lateral Bruno Pacheco partiu pra última batida. A bola chutada tocou no travessão e depois no chão.
A arbitragem entendeu que não atravessou totalmente a linha. Consultando equipe da arbitragem de vídeo, o relato foi de não ter uma conclusão clara pelas imagens disponíveis. A partir dessa informação, Bráulio manteve a decisão de campo.
O resultado por 4 a 2 nas penalidades garantiu ao Avaí a conquista do 17º título do Catarinense. A Chapecoense protestou.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com