Home Notícias Esporte Bernardinho
 em Balneário

Bernardinho
 em Balneário

O ginásio Barra Multieventos, em Balneário Camboriú, vai ficar lotado na noite desta terça-feira para mais um jogo do Vôlei BC pela Superliga feminina. A primeira partida do ano da equipe de Balneário está marcada para iniciar as 20h e será contra a forte equipe do Sesc-RJ, que tem como treinador ninguém menos que Bernardinho, um dos maiores nomes da história do esporte no Brasil, além de atletas com passagem pela Seleção Brasileira e até da Rússia.
Em nove partidas disputadas até agora na Superliga, o Vôlei BC ainda não venceu. Apesar de ser uma missão difícil bater o Sesc-RJ, o técnico Maurício Thomas destaca que o mais importante no momento é continuar melhorando as atuações em quadra.
“É um jogo contra uma equipe que durante 10 anos dominou a Superliga e tem um técnico multicampeão como o Bernardinho. O nosso time vem trabalhando forte, cada dia estamos evoluindo mais e a construção do time está acontecendo durante a competição. Espero conseguir trazer vitórias para Balneário”, comenta Maurício.
Se para muitos apaixonados pelo esporte essa será a primeira oportunidade de ver Bernardinho de perto, atuando como treinador, para a presidente do Vôlei BC, Elisângela Almeida, vai ser a chance de reencontrar um antigo professor e amigo. Elisângela foi atleta de Bernardinho no início da carreira, sendo treinada por ele por quatro anos no Rexona, de Curitiba, e também na conquista do bronze olímpico em Sidney (2000) e do título Pan-Americano (1999) com a Seleção Brasileira.

Craque
“Devo muito da minha carreira como atleta a ele. Tive a oportunidade de ser formada e lapidada pelo Bernardinho, que realmente é um treinador e um ser humano diferenciado. Agora como gestora é uma honra poder recebê-lo aqui em Balneário, para um jogo da Superliga,” destaca.
Essa é a primeira temporada Vôlea Superliga, sendo o único representante do estado na disputa. Para a presidente, a cidade e o estado já abraçaram o projeto e a tendência é que em 2019 o clube cresça ainda mais. “A Superliga é a segunda competição mais importante do país, atrás apenas do Campeonato Brasileiro (de futebol), e desde o início o público da cidade e da região tem nos apoiado. A nossa expectativa nesse ano é manter a vaga na Superliga e fazer um trabalho mais forte de base, participando de mais competições”, completa.
Para permanecer na Superliga, será preciso ficar entre os 10 melhores colocados de 12 equipes que participam. Depois de enfrentar o Sesc-RJ, o Vôlei BC fecha o turno contra o Pinheiros, na sexta-feira, dia 11, às 20h, novamente em Balneário.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com