Home Notícias Esporte Barroso cede empate no fim

Barroso cede empate no fim

O próximo desafio será contra o Fluminense, na quarta-feira

O Almirante Barroso esteve, mais uma vez, muito perto da primeira vitória na Copa Santa Catarina, mas deixou escapar nos minutos finais. Jogando em Brusque na tarde de domingo, o alviverde empatou em 1 a 1 com os donos da casa pela terceira rodada da competição. Fabinho abriu o placar para o Barroso em golaço de falta na etapa inicial. Porém, Wainy, aos 43 minutos do segundo tempo, deixou tudo igual.
Com o resultado o Barroso segue na sexta posição, agora com dois pontos somados. Na próxima quarta-feira o Almirante recebe o Fluminense, às 20h10, no estádio Camilo Mussi.

O jogo
Apesar de mais posse de bola desde o início da partida, o Brusque demorou para ameaçar a meta do Barroso. A primeira chegada com perigo foi aos 17 minutos, em cobrança de escanteio que Hamilton cabeceou e Maninho tirou em cima da linha. A resposta do Almirante foi em contra-ataque que Dandan bateu fraco da entrada da área, nas mãos de Zé Carlos.
A partida seguiu em ritmo lento até os 30 minutos, quando o Barroso abriu o placar. Após recuo fora da área, Zé Carlos se atrapalhou e botou a mão na bola. Falta rente a grande área que Fabinho bateu no ângulo, sem chances para o arqueiro. Na comemoração, o atacante barrosista sentiu a perna direita e teve que ser substituído por William Samurai.
O gol acordou o Brusque, que esboçou uma pressão nos minutos finais da etapa inicial. Aos 34 Cleiton subiu mais alto que a defesa barrosista e cabeceou na cara do gol, obrigando Hudson Júnior a espalmar a bola, que ainda tocou no travessão antes de ser afastada pela zaga. Hamilton também teve grande chance para igualar o marcador seis minutos depois, mas o toque por baixo do goleiro foi fraco e Zé Renato apareceu pra tirar antes que a bola cruzasse a linha do gol.
No segundo tempo o Brusque aumentou a pressão. Logo aos cinco minutos Hamilton arriscou de fora da área e Hudson Júnior tirou com a ponta dos dedos. Aos 15, Hudson Júnior salvou o Almirante duas vezes seguidas. Zé Matheus bateu rasteiro no canto e o goleiro defendeu. Na sobra, Hamilton chutou à queima-roupa e a bola explodiu no arqueiro.
Enquanto se segurava lá atrás, o Barroso arriscava nos contra-ataques pelo lado esquerdo. Por duas vezes o Almirante entrou livre na área do Brusque, mas Dandan e Marlon não conseguiram converter em gol.
Já o Brusque tentava chegar nas bolas aéreas. Aos 39 Cleiton subiu sozinho na área e cabeceou na trave. Quatro minutos depois a pressão deu resultado. Allan cruzou e Wayni apareceu livre na pequena área para raspar na bola e balançar as redes. A virada só não veio aos 47 porque Hudson Júnior espalmou o chute forte de Zé Matheus, cara a cara com o goleiro.

Fran Marcon
Formada em Jornalismo pela Univali, com MBA em Gestão Editorial. fran@diarinho.com.br
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com