Home Notícias Especial Marejada 2018 | Ministro do Turismo prestigia a sangria do primeiro barril de chope

Marejada 2018 | Ministro do Turismo prestigia a sangria do primeiro barril de chope

32ª Marejada começou na última quinta-feira e trouxe para Itajaí o ministro do Turismo Vinícius Lummertz. O representante de um dos setores mais prósperos do estado acompanhou a sangria do primeiro barril de chope da Marejada. Uma tradição com direito a contagem regressiva celebrando a chegada da festa mais popular da cidade.
 Ao lado do prefeito Volnei Morastoni, do secretário de Turismo, Evandro Neiva, do deputado e ex-governador Leonel Pavan e demais autoridades, Lummertz destacou a importância da integração. “A Marejada é um presente, uma festa para estarmos juntos, para convivermos. A cidade é das pessoas e as pessoas fazem e constroem a cidade com a convivência. E é com festa e flores que nós faremos Itajaí muito melhor”, disse Lummertz.
O deputado Estadual Leonel Pavan também brindou com chope o início de mais uma Marejada. Durante a abertura da festa ele destacou o potencial de Itajaí e elogiou a capacidade dos organizadores na realização e no sucesso dos eventos. Para Pavan a Marejada e a Volvo Ocean Race fizeram com que Itajaí deixasse de ser conhecida apenas como uma cidade com potencial pesqueiro e portuário, mas também turístico.

Nova fase
O secretário de Turismo, Evandro Neiva, aproveitou a abertura da Marejada para reforçar o trabalho de resgate do evento para dentro do calendário das festas de outubro. “Com este retorno a gente faz com que a Marejada possa, assim como a Oktoberfest de Blumenau, e Fenarreco de Brusque, usar todo este roteiro e proporcionar mais à nossa cidade. Com isso promovemos as nossas particularidades, a nossa gastronomia, a nossa sardinha, a nossa música”, concluiu Evandro.
Atrativos para novos visitantes já no primeiro dia de festa. Pessoas que apesar da proximidade só ouviam falar da Marejada.
Alessandra Felini, professora universitária, é de Balneário Camboriú e decidiu dar um pulinho em Itajaí para conhecer a maior festa do pescado do Brasil. Ela veio com um grupo de amigos e já no primeiro dia ficou satisfeita. “Eu sempre ouvi falar muito da Marejada, já tentei vir outras vezes, mas quando chegava aqui estava sempre cheio de gente e desistia. Hoje deu certo e está tudo maravilhoso”, afirmou. Para a professora este é o primeiro dia de muitos outros que devem vir curtir. Alessandra, assim como os outros visitantes, escolheu o pavilhão da Sardinha na Brasa para curtir o primeiro dia de festa. Para comer, a escolha foi o carro-chefe da gastronomia da Marejada a sardinha.
O pescado assado também foi o prato escolhido pela família da empresária Célia Rosa. Ela, o marido e a  filha são frequentadores da festa. Ela conta que desde o ano passado vem percebendo e acompanhando essa mudança estrutural na Marejada. “Está surpreendente, a questão estética, de infraestrutura foi bem pensada. Não que não fosse antigamente, mas era mais simples. Agora está muito mais sofisticado, bonito. São modificações atraentes, tudo isso faz com que a gente se sinta melhor, tenha vontade de vir,” pontuou a empresária. Entre as mudanças destacadas por Célia está a estrutura do Pavilhão Sardinha na Brasa. O espaço agora está maior, tem bares com uma cenografia colorida, mesas de madeira com capacidade para mais pessoas. Um cenário agradável com palco de apresentações que no primeiro dia de Marejada ficou lotado. A primeira noite no pavilhão sardinha na Brasa teve Susi Brito e Banda e Grupo Desafio. a.
No pavilhão da Gastronomia este colorido também está presente na cenografia açoriana. As casas onde funcionam os restaurantes e bares lembram uma vila portuguesa. São fachadas de casas com janelas e sacadas, mesas dispostas lado a lado onde os visitantes aproveitam para curtir a música dos artistas locais e regionais. Na primeira noite subiram ao palco do pavilhão da gastronomia o Grupo Siri na Lata e da Banda S/A. O novo layout do pavilhão da gastronomia foi uma boa novidade. Basta você circular pelo espaço para registrar os comentários e os olhares das pessoas admiradas com a estrutura.
Cada novidade da decoração se transforma num cantinho especial  para registrar uma foto de lembrança. Os personagens Marejão e a Marejoa, aliás, são os mais requisitados da festa. No ano passado eles já foram os mais solicitados para aquele registro em família ou com as crianças e nesta edição estão mais dispostos do que nunca.
A promessa até o dia 14 é de muita alegria, dança e comida típica em um evento feito para reunir as pessoas e celebrar a festa de Itajaí.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com