Home Notícias Especial Conhecendo o trabalho num estaleiro

Conhecendo o trabalho num estaleiro

Julia Rumor, 13 anos

Kauê Coelho, 13 anos

No dia 18 de abril , nós,  alunos da Escola Básica Antônio Ramos visitamos o estaleiro Heusi, que fica numa transversal da rua Blumenau. Também é conhecido como estaleiro Brandino, já que um de seus donos se chamava Hildebrando.

Chegando lá, conhecemos a Juliana e a Luciana, que são netas do Sr. Hildebrando e atualmente, administram a empresa. Elas nos receberam e conversaram sobre a história daquele lugar e depois nos guiaram pela “oficina”.

O estaleiro existe há 77 anos e foi fundado por  Mestre Zé em 1941. Ele é especializado na montagem de barcos de pesca em madeira. Lá, eles não realizam  montagem de barcos de ferro, apenas fazem  reparos.

No estaleiro Heusi são fabricados até dois barcos de madeira por mês. Porém, Luciana nos explicou que a madeira usada na fabricação dos barcos é o ipê, uma das melhores madeiras,  porém está quase em extinção e tem um alto custo.

Reutilização de sobras

“A construção de barcos de pesca em madeira desacelerou um pouco porque o pescado está escasso. Para continuar gerando renda, é preciso consciência ambiental, pois muitas espécies estão desaparecendo do mar,” explica Juliana.

Com as sobras de madeira de barcos antigos, Juliana e Luciana, que também são artistas e preocupadas com o meio ambiente, criam produtos de decoração como tábuas de servir, banquinhos, bandejas.

O estaleiro também já passou por quatro  gerações e esperamos que continue seu trabalho. Foi uma experiência única conhecer o seu funcionamento.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com