Home Notícias Especial 2019 deve ser marcado por muita luta e resistência

2019 deve ser marcado por muita luta e resistência

Veja o alerta de médiuns, astrólogos, numerólogos e tarólogos sobre o ano que vem

“Como será o amanhã, responda quem puder” diz a canção da escola de samba Unidos da Ilha, que ficou famosa na voz de Simone. A vontade de se antecipar aos fatos para não ser pego de surpresa é antiga e, para isso, várias artes místicas fazem suas apostas baseadas em crenças que não são científicas, mas podem ser bem reveladoras.

Para matar a curiosidade dos leitores, o DIARINHO pesquisou o que astros, entidades, numerologia, cartas de tarô, horóscopos e médiuns já falaram sobre o ano de 2019.

Pela Astrologia, o ano que vem será regido por Marte, o planeta vermelho cujo arquétipo, na Grécia Antiga, é associado a Ares, o Deus da Guerra. É Marte que rege Áries, o signo do próximo presidente do Brasil. Os arianos são pessoas que costumam sair na frente, são imprevisíveis, reativos e explosivos, com grande autoconfiança, mas também destempero, já que seu elemento é o fogo. Num ano assim, todo cuidado é pouco.

Quando um ano é regido por Marte, como 2015, é marcado por crises econômicas e conflitos nacionais e internacionais porque os nervos estarão à flor da pele, já que Áries é muito impaciente.

Também será um ano em que os acontecimentos vão se suceder depressa, pois Marte acelera o ritmo, já que o ciclo do planeta é de apenas dois anos, enquanto Júpiter leva 12 anos. Será essencial ter cautela para que disputas não acabem mal. É aconselhável evitar lugares tumultuados e grandes multidões, porque discussões podem sair do controle.

 

2019 é uma prévia de 2020

No entanto, Marte não é só conflito, mas também coragem, persistência e resistência. Quem luta pelo que acredita terá um impulso do planeta vermelho em direção à concretização de seus projetos, mas é preciso ter paciência e estratégia.

O regente de Áries atua mais eficientemente às terças-feiras, portanto, é um ótimo dia para dar início a projetos profissionais, mas péssimo para embates, pois as consequências podem descambar pra violência.

Os astrólogos da linha sistêmica, como Carlos Harmitt, chamam a atenção para um evento que pode abalar as estruturas em 2020, e que 2019 seria uma preparação. Será quando os planetas Plutão, Júpiter e Saturno estarão em conjunção com o signo de Capricórnio, que rege sistemas políticos e financeiros. Plutão, apesar de ter sido rebaixado a asteroide, continua firme e forte na Astrologia. Foi descoberto em 1930 e representa a erupção das profundezas, época do surgimento do fascismo, quando havia um grande ressentimento em relação à perda da Primeira Guerra pela Alemanha. Saturno trata das questões do amadurecimento, e Júpiter, maior planeta do sistema solar, representa a expansão.

Esta linha astrológica acredita que esta combinação, que aconteceu pela última vez na década de 30, terá um efeito avassalador, onde velhas crenças serão colocadas à prova, sistemas políticos e financeiros podem sucumbir às suas próprias contradições para dar lugar a algo novo. Desta forma, 2019 servirá para fazer cair a máscara de falsos profetas, gurus e noções ultrapassadas, meios de exploração nefastos, que impedem a evolução. Evolução esta que acontecerá de qualquer forma, mesmo sob protestos de quem prefere fórmulas antigas.

 

Numerologia : O 3 busca pelo equilíbrio

O ano que vem será regido pelo número 3, caracterizado pelo equilíbrio da mente, corpo e espírito. Por ser um ano bastante turbulento, 2019 pode fazer as pessoas buscarem dentro de si respostas para suas questões e uma forma mais centrada para encarar o que vem por aí. Por isso, são recomendadas práticas como a meditação, que é parar alguns minutos por dia para prestar atenção à própria respiração, afastar os pensamentos e se concentrar no aqui e agora.

O 3 também é associado à comunicação, criatividade, estratégia e poder mental. Daí a necessidade de ficar duplamente atento às fake news, porque muitas mentiras e calúnias podem ser espalhadas pelas redes sociais para encobrir ações que vão impactar, duramente, a vida dos brasileiros. O conselho é fazer um detox da tecnologia e se voltar para a vida real e a conhecimentos consolidados, como livros e à opinião de especialistas, a fim de entender o período de transição que estamos passando.

 

Tarô: Carta pede paciência e sacrifício

O tarô é uma arte de análise e adivinhação relacionada à numerologia. A definição do arcano que rege 2019 também é feita somando os algarismos, neste caso 2+1+9=12, a carta do Enforcado, cuja figura é um homem de cabeça para baixo. A dificuldade mostrada, literalmente, na carta, expõe o caráter do ano que se aproxima, mas não de forma catastrófica, pois o semblante é sereno. Portanto, apesar das dificuldades, a dica é buscar o equilíbrio interno e esperar a tempestade passar para, então, agir com mais propriedade.

Segundo a taróloga Titi Vidal, 2019 será a preparação para um grande evento no ano seguinte, que vai mudar a forma como vivemos. O arcano Morte regerá 2020, mas não significa o fim, e sim o recomeço, por isso é importante manter a calma para conseguir digerir os fatos e tomar consciência do que estava nas sombras e não pode mais ser tolerado.

 

Salve Jorge! Ogum, guerreiro incansável

No Candomblé, os orixás possuem características humanas e Ogum, que no sincretismo religioso da Umbanda é São Jorge, é o guerreiro incansável, que enfrenta os obstáculos com muita coragem para derrotar pessoas mal intencionadas. Ainda bem que em 2019, o espírito aguerrido estará aflorado porque muitas questões estarão sendo revistas e direitos e deveres questionados, mas sempre com cautela e estratégia pra não se arrepender.

Os seguidores das religiões afro chamam a atenção para não deixar que a cobiça por bens materiais deixem as pessoas cegas para coisas mais importantes, como a solidariedade, a empatia e o acolhimento dos mais frágeis, sejam pela condição étnica, financeira ou de gênero. São Jorge venceu o dragão da maldade por ser destemido e não abandonar causas justas no primeiro obstáculo. O seu dia é 23 de abril e suas cores vermelho e branco.

Também é importante cuidar da saúde física e mental, com atenção para não consumir conteúdos tóxicos, que só agravam os conflitos. Titi acredita que será um processo necessário para que saiamos desta fase cientes dos desafios em busca de um mundo mais humano e justo.

 

Horóscopo chinês: Ano do Porco prevê indulgência aos prazeres mundanos

Se o leitor já for, por natureza, meio sedentário, preguiçoso e comilão, tome tento que no ano que vem todos esses comportamentos podem ficar aflorados, segundo o horóscopo chinês. A partir de 5 de fevereiro seremos regidos pelo porco, que é considerado um signo afortunado, ligado ao dinheiro, à família, mas com tendência a ser por demais relaxado com as finanças. Por isso a dica é gastar a conta-gotas e não assumir novas dívidas.

O Ano do Porco também é auspicioso para nascimentos e casamentos e, se possível, fazer uma faxina na vida em relação a tudo que estiver ultrapassado, inclusive nas relações pessoais. O porco é o último signo do horóscopo chinês, que se baseia no calendário lunar. Daí que é melhor concluir do que começar projetos. Sobretudo, é um ano de reflexão, de fazer as pazes com o passado ou com pessoas com quem se desentendeu. E ser generoso aprendendo a compartilhar, inclusive conhecimento.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com