Home Notícias Economia Porto é líder nacional em Desenvolvimento Ambiental

Porto é líder nacional em Desenvolvimento Ambiental

Porto é líder nacional em Desenvolvimento Ambiental. Foto: Divulgação

O porto de Itajaí é o primeiro colocado, entre todos os portos do Brasil, no Índice de Desenvolvimento Ambiental (IDA) da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). A instituição é referência pela qualidade da gestão ambiental em suas atividades. Dos 100 pontos possíveis, o porto de Itajaí somou 99,48.

Os dados são referentes ao ano de 2018 e mostram o melhor resultado do porto de Itajaí ao longo dos anos. A instituição fica à frente de portos públicos como Santos (83,32) e Paranaguá (99,29), bem como de Terminais de Uso Privado – a Portonave somou 87,84 pontos.

“Expandir a atividade portuária não significa provocar danos ao meio ambiente. Muito pelo contrário, Itajaí mostra que somos o segundo maior porto em movimentação de cargas em contêineres do país, mas o número um em responsabilidade ambiental”, destaca o prefeito Volnei Morastoni (PMDB).

O IDA foi criado em 2001 com o objetivo de quantificar e qualificar as informações coletadas a partir das Avaliações do Sistema Integrado de Gestão Ambiental (SIGA). Através de uma metodologia própria, são avaliados 38 indicadores que se enquadram em quatro categorias: econômico-operacional, sócio-cultural, físico-químico, biológico-ecológico.

Entre os critérios analisados pela comissão da premiação, destaque para indicadores como: Licença ambiental, prevenção de riscos e atendimento de emergência, redução do consumo de energia, gerenciamento de resíduos sólidos, monitoramento da fauna e da flora.

Para Fábio da Veiga, superintendente do porto de Itajaí, a excelência de um porto é composta por vários itens, dentre eles o respeito ao meio ambiente.“Nos últimos anos temos trabalhado arduamente para respeitar toda a legislação, seja ela administrativa ou ambiental, e a conquista desse prêmio demonstra que estamos no caminho certo”, disse.

Gerente de Meio Ambiente do porto de Itajaí, Médelin Pitrez dos Santos, explica que o somatório das ações realizadas foi o que garantiu o destaque à instituição. “Por ser um porto municipalizado, a nossa relação porto e cidade é muito forte”, explica.

Ela ainda considera a implantação da ISO 14000 e ISSO 9001, e a instalação do monitoramento meteoceanográfico, que faz medições em tempo real das condições climáticas e meteorológicas, aumentando a segurança na navegação, como dois diferenciais desse ano em relação ao ano anterior.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com