Home Notícias Quentinhas Veinho beija a chón depois de tropeçar no calçadão esburacado das Cabeçudas

Veinho beija a chón depois de tropeçar no calçadão esburacado das Cabeçudas

Felix Foes, 77 anos, tá quase desistindo de dar um rolê pela Beira Mar das Cabeçudas. Isso porque ele já caiu duas vezes no calçadão que fica na rua Juvêncio Tavares do Amaral. Segundo o veinho, o local tem desníveis, piso detonado e rachaduras. “Vivo tropeçando no desnível. Esses dias pisei num buraco e levei um tombo. A sorte é que coloquei a mão na calçada se não tinha batido o rosto. Tenho 77 anos, não é pouca coisa cair assim”, lasca.

O outro lado
O secretário de Obras, Tarcizio Zanelato, reconhece que o calçadão tá detonado, mas garante que já tá fazendo um projeto de revitalização. Após aprovado o projeto, será feita uma busca de recursos, em seguida a licitação e finalmente será iniciada a garibada. A aprovação tá prevista pra novembro. “Ali ficou mais destruído depois da ressaca. Algumas máquinas usadas pra limpeza da areia tiveram que ir em cima da calçada o que destruiu ainda mais”, explicou. O projeto prevê a revitalização dos calçadões das praias da Atalaia e Cabeçudas.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com