Home Notícias Quentinhas Trote faz PM se coçar e dar explicações

Trote faz PM se coçar e dar explicações

Um trote sacana ocorrido em abril, no Mato Grosso, se espalhou pelas redes sociais e chegou na região pouco mais de dois meses depois. Um homem que teve o carango roubado inventou que os bandidos tinham levado o possante com seu filho dentro, de apenas dois anos. Fez isso pra que a polícia se mobilizasse e fosse atrás do veículo com mais afinco. Como o trote também foi feito pelo Whats App, acabou se espalhando como um vírus. A informação falsa provocou tanta reação que fez com que a polícia Militar de Balneário Camboriú lançasse ontem um comunicado oficial informando que não havia nenhum caso de roubo com sequestro na região.
Até mesmo você, se tiver Whats App, pode ter recebido este comunicado: “Galera, ajuda a divulgar aí: roubaram agora no centro 1 Uno 2006 prata, placa: GZB-8905 ajuda a divulgar aí, por favor. Liga no 8852-8589, o dono está louco, pois levaram o carro com o bebê dele dentro. Repasse rápido, por favor.” (reprodução fiel). E é possível que, na boa-fé, até tenha repassado pra mais gente.
Pois tudo não passa de um migué aplicado em 15 de abril. A mentira nasceu em Cuiabá. O Uninho foi realmente roubado, mas não tinha bebê coisa nenhuma dentro dele. Basta fazer uma pesquisa no Google que chovem matérias sobre o caso.

PM lançou nota oficial
O trote chegou até a PM da Maravilha do Atlântico, que acabou descobrindo a farsa. “Não há qualquer indicativo, até o momento, de que seja verdadeira”, disse o tenente-coronel Marcello Martinez Hipólito, num pronunciamento oficial. E avisou: “Tudo indica tratar-se de um trote, por isso não tomaremos atitudes em relação ao caso até surgirem novos elementos consistentes”.
Logo, se você foi um dos que compartilhou a mensagem no WhatsApp, corre pra desmentir o caso pros seus contatos, antes que o trote se espalhe ainda mais.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com