Home Notícias Quentinhas Semana de Vela juntou 90 veleiros

Semana de Vela juntou 90 veleiros

Apesar do finde chuvoso, organização considera que o evento foi mó legal; ano que vem, pode rolar até barco da gringa

A falta de vento foi o desafio dos esportistas que participaram da primeira semana de Vela de Itajaí, que rolou este finde, em Cabeçudas e em alto-mar. A largada chegou a ser adiada por duas horas. A chuva espantou o público, mas não amedrontou os competidores. Cinquenta e nove barcos disputaram a categoria monotipo e 31 embarcações competiram pela oceânica.
A primeira semana de vela peixeira foi promovida pela associação Náutica de Itajaí (ANI) e associação de Iatismo de Santa Catarina. O presidente da entidade, Cláudio Copello, conta que a largada estava prevista pro meio-dia, mas precisou ser adiada. “Poderia estar chovendo o dobro, que não atrapalharia a competição, desde que tivesse vento”, explica. Já passava das 14 horas quando os barcos finalmente largaram em alto mar.
O número de inscritos na primeira semana da Vela de Itajaí surpreendeu os organizadores do evento. Um total de 90 veleiros, dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, participaram das competições, realizadas sábado e domingo.
A piazada que treina nos barcos da ANI lotou a competição da classe Optimist, nas categorias Laser, Snipe, Dingue Shellback e Windsurf.
Durante a premiação, a organização aproveitou para lançar a data para a segunda edição da Semana da Vela, com previsão para a segunda semana de junho de 2015, e a possibilidade de receber velejadores de fora do país.
Os troféus, produzidos pela artista plástica itajaiense Daisy Nára, foram entregues para os vencedores durante coquetel na Vila da Regata, no final da tarde de ontem. As inscrições foram digrátis e o prêmio para os primeiros lugares das categorias de Oceano foram mil reales.

Vencedores
Entre os barcos de Oceano, pela categoria ORC, o Melody foi o único que pontuou, faturando a primeira colocação. Entre os barcos C30, Zeus Team foi o mais rápido, seguido de Corta Vento e Kaikas. Nos RGS A, Manos Champ em primeiro, na frente de Zephyrus e Revanche. Já pela categoria RBS B, Jacopo puxou a fila seguido por Blade Runner e Para-siri. Entre os “Bico de Proa”, no grupo A, completaram o pódio os veleiros Marmay, Aysso e Paciência, enquanto no grupo B, Sailor Made, Unforgatable e Jandaí encerraram na ponta.
Nas raias da praia de Cabeçudas, onde correram os barcos de Monotipos, a classificação do Optimist Estreante ficou com Matheus Leonardo da Silva (ANI) em primeiro. Entre os Optimists Veteranos, quem faturou foi Thiago Lock Quevedo (VDS), Erik Hoffmann (VDS), Guilherme Berenhauser (ICSC), Lucas da Silva Budal (JIC) e Alexandre de Souza (ANI). Na Laser Standard, Vinicius Bandil (CIC), Luciano Gubert de Oliveira (CNA/ICSC) e Benno Volrath. Na categoria Laser 4.7, se classificou em primeiro lugar Eduardo Cleiton da Silva (JIC). Na Laser Radial, Henrique Silva Dias (ICG), levou a melhor. Nas duplas de Snipe, Adriano Santos e Christian Franzen (ICSC) venceram. No Holder, quem subiu no pódio foi Mauro Calderaro (ANNA).
Entre os velejadores de Shelback, quem fez o melhor tempo foi Pedro Paulo Fantini (ANI). No Dingle, Cassiano Pittol e Maria Clara (ICSC) faturaram e, por fim, na categoria Hobia CAT 14, Adam Max Mayerle (JIC) ficou em primeiro.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com