Home Notícias Quentinhas Secretário promete acabar com zona na fila do ferry

Secretário promete acabar com zona na fila do ferry

Secretário anunciou medidas pra tentar organizar a bagunça no trânsito que se forma com as filas pra balsa no centro

A fila do ferribote, que tem provocado muita bagunça no trânsito do centro de Itajaí, vai ser organizada. É o que promete Francisco José da Silva, o novo secretário de Segurança do Cidadão da prefeitura peixeira. De acordo com o secretário, desde ontem já começaram a ser feitas ações para acabar com a zona no trânsito.
Uma das medidas, segundo Francisco, será a de fazer uma faixa exclusiva para a fila e deixar o local muito bem sinalizado. A colocação de taxões (que o povão também chama de “tartaruguinhas”) é uma das alternativas para deixar mais definida a faixa exclusiva para a fila.

Sinalização móvel
As placas de trânsito também serão reforçadas nas áreas próximas ao ferri. “Vamos fazer uma alteração na sinalização vertical, aperfeiçoando esse tipo de sinalização”, emenda o secretário. De acordo com ele, isso ajudará, inclusive, a brecar os fura-filas.
Outra medida é sinalizar o final da fila. “Vamos inovar, com placas móveis na via e cones sinalizadores”, adianta. Essa sinalização, afirma o secretário, vai acontecer independente de onde esteja a fila: “Se tiver 300 metros ou se chegar a um quilômetro”.
As chamadas sinalizações aéreas, que são aquelas placonas enormes que geralmente indicam lugares da cidade, também serão reforçadas para indicar qual o caminho para as embarcações que fazem a travessia do rio, entre Itajaí e Navegantes. Um estudo aos técnicos do Codetran já teria sido determinado.
Essas medidas, segundo o secretário, levarão ainda algum tempo pra serem implantadas. O tempo suficiente para a confecção das placas, da sinalização móvel e dos taxões. Até lá, adianta Francisco, foi reforçada a quantidade de agentes de trânsito que ajudarão a controlar o trânsito.
Antes mesmo de decidir aquelas ações, ressalta o secretário de Segurança, mandou seus subordinados marcarem uma reunião com a direção do ferribote. A ideia é pensar juntos uma solução para o problema.
Para o especialista em trânsito, Carlos César Pereira, secretário executivo do sindicato dos Motoristas de Itajaí e Região, a resposta do secretário de Segurança ao problema é uma ação positiva. “A ideia de fazer algo, é bem vinda. Tem alguém pensando em resolver”, comenta.
Algumas medidas anunciadas, no entanto, precisam ser melhor avaliadas, acredita. Uma delas é alongar demais o corredor exclusivo para a fila do ferribote.
Se tiver taxão até o Mercado Vellho, por exemplo, como fica o estacionamento no lado da praticagem, questiona o especialista.” O taxão iria beneficiar turista, mas prejudicaria os moradores. Já temos problemas de estacionamento no centro”, alerta.
César também não acha correto disponibilizar agentes de trânsito para cuidar da fila. Para ele, essa é uma responsabilidade da empresa de Navegação Santa Catarina. “Ela é uma empresa privada, cobra e cobra bem pelo serviço, por isso ela é que tem que colocar homens para organizar as filas”, avalia.
O especialista gostou da ideia da reformulação da chamada sinalização aérea. “Estamos carentes desse tipo de sinalização. O turista chega na cidade e não sabe para onde ir. Isso é muito importante”, conclui.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com