Home Notícias Quentinhas Prefa fecha retornos da Luci Canziani e causa polêmica na Brava

Prefa fecha retornos da Luci Canziani e causa polêmica na Brava

Vizinhança não aprovou a mudança, mas secretaria de Obras diz que a novidade vai previnir acidentes no local

Uma equipe da secretaria de Obras fechou todos os retornos da rua Luci Canziani, na praia Brava, em Itajaí. O trabalho, anunciado pela prefeitura como uma forma de previnir acidentes de trânsito, não agradou a vizinhança do bairro.
O empresário Arturo Parede Heckler, 29 anos, que mora na Brava, está entre os descontentes. Para ele, o fechamento dos canteiros só serve dificultar a vida dos motoristas. “Quem tiver indo em direção a rodovia Osvaldo Reis e quiser retornar, terá que seguir pela rodovia, sentido centro de Itajaí, e fazer o retorno lá no viaduto da Fazendinha,” argumenta. O percurso será de cerca de quatro quilômetros.
Já quem estiver indo na direção da orla e quiser retornar para a Osvaldo Reis, também precisará seguir até a avenida Delfim de Pádua Peixoto, pegar uma rua secundária até chegar à avenida beira-mar, até voltar à Delfim, para só então acessar novamente a Luci Canziani.
Ivan Ariel Ribeiro, outro morador do bairro, também reclama da novidade. “Um descaso o que está acontecendo na rua Luci Canziani. Esse órgão público incompetente mandou fechar todas as passagens de carro e motos, fazendo com que tenhamos que andar um quilômetro atrás de um retorno”, comenta.
Na opinião dos moradores, o projeto não atende a comunidade da Brava e deverá até diminuir o número de visitantes no bairro.
O carpinteiro Delamarco Cardoso, 39, mora na praia Brava desde que nasceu, e opina que são inexistentes os registros de acidentes na rua Luci Canziani. “Eu tô aqui há 40 anos e nunca vi um acidente. Olha o transtorno que isso vai nos causar”, diz Delamarco.

É assim e pronto!
O secretário de Obras de Itajaí, Tarcízio Zanelatto, confirmou à reportagem que todos os retornos estão sendo fechados. Ele alega que houve um estudo da engenharia de trânsito e de técnicos do município.
A conclusão, segundo ele, é que os retornos evitam situações de risco para motoristas e pedestres. “Não vamos esperar acontecer um acidente para fechar aqueles retornos. Temos que trabalhar preventivamente”, argumenta o secretário.
Tarcízio explicou que não há como fazer uma rótula por falta de espaço. “Aquela rua vai ficar como determina o projeto. Eu não vou ser irresponsável de deixar um retorno. E se acontecer uma tragédia?” argumenta o secretário.
O chefão da Obras também comentou que foi procurado por alguns moradores do condomínio Brava Home que pediram a permanência dos retornos, mas já avisou que não vai atender os pedidos. “A via receberá iluminação,” informou ainda o secretário. 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com