Home Notícias Quentinhas Policial da Deic e advogado de Balneário são presos

Policial da Deic e advogado de Balneário são presos

Um esquema envolvendo extorsão e achaque terminou com a prisão de um policial da diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) e de um advogado de Balneário Camboriú. A Deic ainda indiciou um empresário por envolvimento no esquema. O trio vai responder por violação de sigilo funcional, associação criminosa e concussão.
Há meses a DEIC investigava a suspeita de que um policial, cujo nome não foi divulgado, vinha repassando informações sigilosas a advogados de Balneário Camboriú e Rio do Sul. Ele também estaria extorquindo empresários investigados pela polícia Civil. O cara pedia grana e prometia favores.
A Deic não revelou detalhes da operação, mas o DIARINHO apurou que a prisão do advogado foi em 18 de julho. Já o policial caiu na terça-feira, dia 30 de julho.
A polícia pediu a prisão preventiva do policial e do advogado de Balneário e cumpriu mandados de busca e apreensão.
O policial Civil está preso na carceragem da Deic, em Florianópolis, e o advogado está no cadeião da Canhanduba em Itajaí. Um empresário envolvido no esquema continua foragido.
A parte do inquérito envolvendo Balneário Camboriú foi concluída e enviada à promotoria. A investigação em Rio do Sul ainda está rolando e novas prisões podem acontecer.
O policial enfrentará um processo administrativo na Corregedoria Geral da Polícia Civil. Através de nota oficial, a polícia Civil diz que “que qualquer desvio de conduta dos seus integrantes será sempre rigorosamente apurado e o caso devidamente levado ao conhecimento do poder judiciário para a completa responsabilização criminal dos envolvidos.
Segundo o advogado Shames de Oliveira, que acompanha o caso pela Ordem dos Advogados do Brasil de Balneário, a OAB não irá se manifestar sobre a prisão porque se trata de crime comum e não no exercício da atividade.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com