Home Notícias Quentinhas PM da região não sabe qual reforço chegará para o verão

PM da região não sabe qual reforço chegará para o verão

Governo do estado ainda não se manifestou sobre números, mesmo na boca do gol da temporada

Faltando menos de um mês para o início da Operação Veraneio, os batalhões da polícia Militar de Balneário Camboriú e Itajaí ainda estão na expectativa de que o governo do estado anuncie os reforços que virão para o litoral.
O reforço ajudará a garantir a segurança de moradores e turistas nos meses mais quentes e agitados. As entidades de Balneário discutem o problema hoje, quinta-feira, em um fórum sobre segurança.
Cada batalhão enviou ao comando geral da PM um planejamento das necessidades de efetivo. Para Balneário, cidade que recebe o maior número de turistas, o estudo apontou que serão necessários 166 policiais militares, além de um helicóptero.
“Fizemos um levantamento técnico operacional do que necessitamos. Nossa expectativa é de que nos próximos dias a gente já possa ter conhecimento das definições do Estado”, disse o comandante Evaldo Hoffmann Junior.
Nos últimos 10 anos, quanto mais aumentou a população de Balneário, menos reforços chegaram à cidade. Em 2012/2013, quando a população era de 108 mil pessoas, o reforço oi de 64 policiais. Em 2013/2014, quando a população subiu pra 124 mil, foram enviados 65 PMs pra cá. Na temporada 2014/2015, quando a população continuava na marca dos 124 mil, o número de policiais caiu para 28.
O comandante explica que, de janeiro a junho de 2015, foram geradas 19.994 ocorrências em Balneário. E 887 dessas deixaram de ser atendidas por falta de viaturas.
Itajaí
Em Itajaí, a solicitação é de um reforço de 10 policiais. No ano passado, a cidade recebeu oito. Além disso, foram solicitados 25 rádios de comunicação, duas motos e duas viaturas.
O comandante Rogério Teotônio da Silva também espera que o estado divulgue nos próximos dias os reforços pra região.
Investimento menor
Extraoficialmente, o DIARINHO apurou que o investimento da secretaria de Segurança Pública (SSP) será menor do que no ano passado, por causa da queda de arrecadação no Estado.
A SSP chegou a divulgar, através de nota, que investiria R$ 20 milhões na operação, seis milhões a menos do que no ano passado, mas depois voltou atrás, alegando que um novo cálculo será feito e divulgado nos próximos dias.
A SSP disse que não pode passar números oficiais porque o planejamento ainda não foi concluído.
A previsão é que a operação Veraneio comece no dia 16 de dezembro e siga até março de 2016.
Guarda terá mais gente na rua
Enquanto o governo do estado não se mexe, a secretaria Municipal de Gestão em Segurança quer colaborar com a PM na temporada de verão.
Atualmente, Balneário conta com 79 guardas municipais, 66 patrimoniais e 65 agentes de trânsito em atividade. Até o final do ano, mais 67 guardinhas que estão em formação irão para as ruas. Ao todo, 277 homens e mulheres atuarão na guarda. Duas novas bases reforçarão a segurança, uma nos bairros e a outra nas praias agrestes.

Fórum discute segurança na temporada
A situação é tão preocupante que as entidades de classe de Balneário, conselho Comunitário de Segurança Pública e Cidadania (Conseg), sindicato do Comércio Varejista e Atacadista (Sincomércio) e a câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), marcaram para hoje um encontro para discutir o reforço de policiamento na temporada de verão.
O presidente do Sincomércio, Hélio Dagnoni, explica que um dos objetivos do fórum é justamente garantir que o número do efetivo da PM seja maior durante o verão.
Os lojistas temem que os furtos e roubos cresçam na temporada. “Muitos furtos e roubos à mão armada têm acontecido em lojas e residências. A população está assustada com a situação”, explica o presidente da CDL, José Roberto Cruz.
O 12º Fórum de Segurança Pública – Balneário Camboriú Mais Segura – acontece hoje no auditório do Sincomércio/CDL, na rua 902, a partir das 19h. O povão pode, e deve, participar do debate.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com