Home Notícias Quentinhas Perícia no quarto não apurou nada novo

Perícia no quarto não apurou nada novo

O tempo passa e a polícia continua sem pistas do que aconteceu com o menino Ícaro Alexandre Pereira, de sete anos, desaparecido desde 9 de fevereiro em Balneário Camboriú.
Na segunda-feira, o delegado Rodolfo Farah, da DIC, recebeu o laudo da perícia no quarto do garoto. O resultado foi inconclusivo e não ajudou nas investigações.
A análise das roupas também não trouxe novidades. O delegado ainda espera o resultado do exame no carro do padrasto e de amostras de DNA recolhidas.
Rudy Cezar Bedin Oliveira, gerente regional do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Balneário, conta que as amostras de DNA recolhidas são ruins e não devem esclarecer muita coisa.
Na delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, onde corre o inquérito da investigação, o caso é tratado apenas como desaparecimento. A delegada Ruth Henn informou que aguarda o encaminhamento dos exames.

Sem buscas
Novas diligências só serão feitas se aparecerem novas pistas. “
A última operação de busca ao menino aconteceu na semana passada. Uma força-tarefa encabeçada pela PM e os bombeiros vasculhou uma região de mata às margens do rio Camboriú, em Balneário e Camboriú.
Ícaro teria sumido de casa enquanto a mãe e o padrasto estavam fora. Durante a investigação, a polícia chegou a prender o padrasto Alois Gebauer, 41 anos, como suspeito do sumiço do garoto, mas ele foi solto por falta de provas.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com