Home Notícias Quentinhas Pai do menino volta à região para acusar padrasto

Pai do menino volta à região para acusar padrasto

Ele promete procurar o MP para pedir a reabertura da investigação. Menino desapareceu há três meses. Polícia encerrou investigação

O gesseiro Jonathas de Lima Rocha, 27 anos, pai do menino desaparecido Ícaro Alexandre Pereira Lima Rocha, veio para Balneário Camboriú fazer pressão nas autoridades. Ele deixou a cidade de Bertioga, no litoral de São Paulo, e chegou na região no domingo à tarde. Jonathas procurou a delegacia e quer que o inquérito policial seja reaberto.
Para vir para Santa Catarina, Jonathas teve trabalho para juntar o dinheiro da passagem. Ele, os avôs de Ícaro e um tio pretendem ficar aqui até esta terça-feira. Eles estão hospedados em um hotel e receberam ajuda de conhecidos.
Para a família paterna, o menino foi vítima do padrasto, Alois Gebauer, 42. “Eu tenho certeza que foi ele. No dia que meu filho desapareceu, ele lavou a casa, os lençóis, o carro, e fez comentários estranhos no trabalho, além dos depoimentos contraditórios. Não precisam do corpo para falar que ele é culpado, as contradições e os comentários estranhos já provam isso”, acredita.
Ontem à tarde, Jonathas procurou a delegada Ruth Henn, da delegacia de Proteção à Mulher e à Criança, para saber detalhes da investigação e questionar por que a polícia concluiu o inquérito. “Eu quero que a justiça seja feita, por tudo o que todos já sabemos, não quero que o padrasto fique impune. Eu sou pai e preciso ver isso”, afirma.
Ele também culpa a mãe do garoto, Ariane Pereira, que deixava o filho de sete anos sozinho em casa para ir trabalhar. “Não foi nenhum estranho que saiu com ele, porque nas câmeras só mostram o padrasto saindo. Ela tem mais culpa do que ele, porque ela é a mãe”, acusa. Além de procurar a delegacia, Jonathas planejava ir ao Ministério Público para pedir ajuda.

Era suspeito
O pai também foi investigado pela polícia. Investigadores estiveram na casa dele e recolheram materiais para perícia, inclusive o celular. No começo da investigação, havia a suspeita de que ele pudesse ter levado o garoto para morar em São Paulo, mas essa hipótese foi descartada.
Jonathas tinha entrado na justiça para pedir a guarda do filho. Ele não queria que a mãe trouxesse a criança para viver em Santa Catarina. O pedido não deu certo na justiça.
A agente Marcia Rejane Hendges, da delegacia de Pessoas Desaparecidas, contou que o pai cumpriu todas as medidas estipuladas pela justiça com relação à guarda do menino.
O acordo era que Ícaro passaria um fim de semana por mês com o pai. “Ele chegou a devolver o filho dois dias antes do combinado para não ter problemas com a mãe. Jonathas sempre fez tudo certinho”, diz Marcia.
A última vez que Jonathas viu o filho foi em janeiro passado. Ele ficou com o menino de 15 de dezembro a 22 de janeiro, quando o trouxe para Balneário. Ícaro desapareceu no dia 9 de fevereiro.
Como não houve comprovação de crime, Ícaro é mais um caso de desaparecimento sem explicação. “Eu tô sofrendo bastante, tô mal com tudo isso. Nós só queremos que as pessoas que fizeram isso com o meu filho paguem”, desabafa.

Não há provas
O advogado do padrastro e da mãe da criança, Frederico Goedert Gebauer, informa que respeita a dor do pai de Ícaro, mas diz que ele acusa sem provas. “Tiveram três delegados conduzindo o caso e não chegaram à conclusão contra o Alois [padrastro],” defende.
Para o advogado, o inquérito inconclusivo já era esperado. “Desde o momento que a polícia usou o caminho para a investigação culpar Alois, já imaginávamos que esse caso ia ser arquivado,” analisa.
Frederico opina que a polícia falhou ao deixar de chamar os vizinhos e um pedreiro que trabalhava no prédio para depor. “Ali no prédio deve ter uns 20 vizinhos e nenhum deles foi chamado pra depor. Outros caminhos poderiam ter sido percorridos, mas ficaram em cima do Alois, crentes que ia aparecer alguma coisa nas perícias”, critica.
Frederico diz que Ariane e Alois foram para Bertioga passar o Dia das Mães. Eles devem retornar a Balneário ainda esta semana.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com