Home Notícias Quentinhas Mergulhou pra catar marisco e se afogou

Mergulhou pra catar marisco e se afogou

Operário morava em Itajuba e tava na ilha das Canas junto com amigos

Dois homens morreram em praias da região neste final de semana. O operário Fernando Rosa, 56 anos, se afogou em Barra Velha, no sábado. Também no sábado, o argentino Luiz Angel, 40 anos, teve uma mal súbito na praia de Itapema e faleceu.
A tripulação do helicóptero Arcanjo, dos bombeiros, chegou a pousar na praia para socorrer tanto Fernando quanto o turista argentino, mas nos dois casos já era tarde demais.

Atrás de mariscos
Fernando morreu afogado na ilha das Canas, que fica em frenta à praia do Grant, na Itajuba. Era por volta do meio dia de sábado. De acordo com os bombeiros militares, que atenderam a ocorrência, ele tava catando marisco. Colegas de Fernando relataram aos socorristas que ele mergulhou mas demorou pra voltar à superfície. Quando apareceu, já tava boiando de barriga para baixo.
O operário foi atendido ainda na praia, depois que os amigos o retiraram do mar em um barco. Os primeiros socorros foram feitos pelo bombeiros, que contaram com o apoio do helicóptero Arcanjo. A vítima tava em parada cardiorrespiratória. Os socorristas do Samu também foram acionados.
Pra tentar ressuscitar Fernando, os socorristas chegaram a usar um desfibrilador, que dá choques elétricos para fazer o coração voltar a funcionar. Foram cerca de 40 minutos de tentativa de reanimação, mas o homem não se recuperou e morreu ainda na praia.
A ilha das Canas fica a cerca de 600 metros da praia e não possui guarda-vidas. Os socorristas ficam na praia do Grant. Fernando era de Barra Velha e morava na estrada geral de Itajuba.

Turista argentino passa mal e morre na areia da praia
Também no sábado, por volta das 18h, os bombeiros tentaram reanimar um turista argentino em Itapema, mas sem sucesso. Luiz Angel sofreu uma parada cardiorrespiratória enquanto caminhava na praia com um amigo, contaram os bombeiros. Ele sentiu uma dor no peito, passou mal, caiu e não levantou mais.
O helicóptero Arcanjo também foi acionado para dar apoio. O homem teve a morte confirmada depois de quase uma hora de tentativas de reanimação, ainda na faixa de areia da praia.
Luiz tava veraneando em Itapema com a esposa e filhos. Segundo relatos de familiares aos socorristas, a vítima tinha histórico de problemas cardíacos. Ele era da província de Misiones, na Argentina.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com