Home Notícias Quentinhas Marieta já gastou R$ 5 milhões

Marieta já gastou R$ 5 milhões

Ministro da Saúde finalmente fala sobre R$ 40 milhões destinados ao hospital; segundo ele, primeira parcela já foi gasta

O ministério da Saúde finalmente falou na última segunda-feira sobre os R$ 40 milhões prometidos pro hospital Marieta Konder Bornhausen. Só que a revelação é no mínimo intrigante: o ministro Arthur Chioro dos Reis afirmou que a grana tá garantida. Entretanto, desse valor, R$ 5 milhões já foram liberados e gastos pelo hospital. Chioro revelou que pra embolsar os R$ 35 milhões restantes, o hospital de Itajaí precisa prestar contas dos milhões já liberados.
A notícia de que finalmente alguém se habilitava a falar sobre a grana do hospital foi confirmada ontem pelo deputado federal Décio Lima e sua patroa, a deputada estadual Ana Paula Lima (ambos do PT).
Pra ver a cor integral dos recursos, a coisa agora depende da prestação de contas por parte das freirinhas das Pequenas Missionárias da Imaculada Conceição, que administram a unidade. Essa contabilidade é relativa a pelo menos uma parcela federal investida no novo complexo Madre Teresa.
“Foram R$ 5 milhões liberados e novas autorizações estão condicionadas à prestação de contas da parcela transferida à instituição e à comprovação do cronograma físico e financeiro”, assegurou a deputada Ana Paula, presidente da comissão de saúde da assembleia.

Respirando aliviados
A confirmação do ministro de que a grana tá garantida, mesmo sem data pra ser depositada, gera alívio gerak. A nova direção do Marieta, entretanto, confirmou tanto pro DIARINHO, no último dia 14 de julho, e numa entrevista coletiva no dia 22, que não havia mais qualquer pista sobre os R$ 40 milhões.
Em 2013, foi feita até reunião e fotinho na imprensa com a antiga diretora do Marieta, a irmã Sandra Zanotto. A promessa era de oito parcelas de R$ 5 milhões, a serem pagas de acordo com o cronograma de obras do Madre Teresa, pra móveis, aparelhos de ressonância magnética, tomografia e hemodinâmica.
A transferência da irmã Sandra Zanotto, mandachuva da unidade, enleou o meio de campo. Ela foi transferida de supetão, após denúncias feitas no programa Fantástico, da TV Globo, sobre supostas mutretas na colocação de aparelhos no coração da galera.
A irmã Mércia Lemes então assumiu a administração em maio deste ano, junto do administrador geral Nivaldo Cunha. O complexo Madre Teresa terá 15 pavimentos em 21 mil m², num investimento de R$ 52 milhões. Numa coletiva dada no último dia 22 de julho, ambos confirmaram que nada sabiam dos R$ 40 milhões.
O DIARINHO buscou ontem junto à assessoria do hospital saber quando rolou a liberação da parcela de R$ 5 milhões e em que foram investidos, e também porque ainda não foi feita a prestação de contas das freiras. Até o fechamento da edição, o hospital não retornou à reportagem.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com