Home Notícias Quentinhas Lotus do Senna não está em apê de Balneário

Lotus do Senna não está em apê de Balneário

Designer que fez a réplica garante que carrão de mentirinha tá em Sampa

A Lotus usada por Ayrton Senna foi comprada por um empresário bilionário de Balneário Camboriú, que a colocou no teto de seu apartamento, na avenida Atlântica. Esse é o boato que rola nas redes sociais, com direito a fotos e até um vídeo que mostra o carro de corrida da Fórmula 1 sendo içado, supostamente esta semana, ao alto de um prédio.
Tudo não passa de um caô. A Lotus não é a do Senna nem está em Balneário. O carro nem é de verdade. É uma réplica, feita pelo designer, piloto e empresário Adhemar Cabral, do ateliê AC Design, de São Paulo. “Essa Lotus foi um presente a um grande amigo”, disse Adhemar, à reportagem do DIARINHO. A réplica foi encomendada há cerca de um ano.
E é justamente lá, em São Paulo, que o carro está, realmente, instalado no teto do apê do cliente e amigo de Adhemar. “O carro foi entregue ano passado e somente agora viralizou,” contou ainda o designer.
Por isso, não é verdade o que rola pelo Facebook e por grupos e mensagens de zap-zap de que a Lotus de Senna teria sido comprada por um ricaço de Balneário.
Esse não é o primeiro boato sobre a mesma réplica que virou febre na internet. Vários sites e portais de notícia, inclusive, deram a notícia de que um fã de Ayrton Senna havia comprado a Lotus que ele pilotou só pra decorar seu apartamento.
Esta semana, também rolou pelas redes sociais que o carro era do ex-ministro Antônio Pallocci, preso recentemente pela polícia Federal.
Depois disso, Adhemar não parou mais de atender o telefone ou de responder mensagens pra esclarecer a situação. “Meu whats não para desde sexta”, desabafou.

Verdadeira tá na Suíça
Hoje, a Lotus pilotada por Senna pertence ao suíço Fredy Kumschick. Ele a comprou logo depois que o carro terminou a segunda temporada que correu, há quase 30 anos. Atualmente, Fredy o mostra em exposições e, há dois anos, fez uma demonstração na pista de Ímola, na Itália, a mesma do acidente de Senna.
A Lotus pilotada pelo piloto brasileiro é uma 97T, um supercarro projetado pelo engenheiro francês Gérard Ducarouge com 800 cavalos de potência. Ele foi usado pela Lotus nas temporadas de 1985 e 1986. Senna correu nas duas.
Em 86, quando começou a ascensão de sua carreira na Fórmula 1, atingiu 55 pontos no campeonato. Na temporada anterior, dos oito pódiuns da Lotus 97T, sete foram com Senna na boleia. Os melhores desempenhos do carro foram em circuitos lentos e apertados como Mônaco, Detroit e Adelaide.
O carro é tão famoso entre os fãs, que a 97T de Senna foi incluída no videogame Gran Turismo 6, de 2014.
Ayrton Senna, considerado um dos maiores pilotos de fórmula 1, morreu de acidente em 1994 no autódromo de Ímola, na Itália. Tinha apenas 34 anos quando a tragédia aconteceu.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com