Home Notícias Quentinhas Itajaí terá bairro tecnológico

Itajaí terá bairro tecnológico

Amfri entregou ordens de serviço para implantação

A implantação do Distrito de Inovação da Região de Itajaí teve um passo importante ontem, com a entrega de ordens de serviço para as empresas que executarão um conjunto de ações dentro do projeto InovAMFRI. A Associação dos Municípios da Foz do Itajaí (AMFRI) reuniu o Conselho Consultivo do projeto, na sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), para apresentar as empresas que estão sendo contratadas e detalhar as tarefas que serão realizadas a partir de agora.
O InovAMFRI é uma proposta ambiciosa, extensa e profunda, que pretende trazer, para a região, uma nova maneira de atrair investimentos e conduzir o planejamento intermunicipal.
O Conselho Consultivo, que realizou ontem sua primeira reunião, é formado por 23 pessoas, das quais 19 representam 14 entidades e quatro representam a sociedade civil. E é presidido pelo ex-deputado Paulo Bornhausen, que foi Secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável do governo Raimundo Colombo. Foi lá na secretaria (que ocupou até 2014), que ele começou a implantar a Rede Catarinense de Inovação, com a proposta de construção de centros em cidades-polo, no programa Inova@SC. O InovAMFRI é uma continuação dessa ideia, cujo plano diretor agora começa a ser executado.
O gerente executivo do projeto InovAMFRI, João Luiz Demantova afirma que assim que Bornhausen levou sua proposta para a Associação, obteve rapidamente apoio dos prefeitos. A AMFRI reúne 11 municípios e é presidida pelo prefeito Roberto Carlos de Souza, de Navegantes.
O projeto iniciou em abril do ano passado com o trabalho de definição das ações, viabilização dos recursos e preparação do processo de seleção das empresas parceiras. Para viabilizar o projeto o governo do estado participará com R$ 8 milhões, que já começaram a ser repassados via Agência de Desenvolvimento regional. A AMFRI contribuirá com R$ 800 mil. A reunião realizada ontem marca o início do período de 12 a 18 meses, que as contratadas terão para apresentar os estudos e tarefas solicitados.

UMA NOVA “CIDADE”
A parte mais visível do projeto será a “cidade inteligente” que ocupará o terreno adquirido pela prefeitura de Itajaí em 1998, para ser um Distrito Industrial. Quando o secretário Bornhausen comandava o Inova@SC, a área passou a ser considerada para a instalação de um Distrito de Inovação, em ação conjunta com a prefeitura e a Univali. Em 2012 um pré-projeto, com uma maquete eletrônica que já dava ao local a aparência de um novo bairro, foi apresentado aos empresários de Itajaí.
A partir de 2015 a AMFRI assumiu a condução do processo, dando uma característica regional ao projeto, do qual fará parte o Centro de Inovação, um prédio que já está sendo construído pelo governo do estado.
O planejamento desse novo bairro, que será o Distrito de Inovação, está a cargo da Jurong Consultants PTE. de Cingapura, responsável por planos diretores semelhantes, em vários países ao redor do mundo. A Acquaplan, Tecnologia e Consultoria Ambiental irá preparar o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) do Distrito.
O Centro de Inovação ganhará uma modelagem ocupacional feita pela Rede Catarinense de Inovação (Recepeti), experiente na criação de incubadoras e estimuladoras de negócios.
Governo prepara programa para ajudar regiões empobrecidas do estado
O governador Raimundo Colombo foi representado, na reunião de ontem, pelo secretário do Planejamento, Murilo Flores, que disse estar “empolgado com o grau de organização e objetividade”. Ele afirmou que a qualidade do projeto não o surpreende, porque as associações de municípios estão protagonizando um movimento muito forte.
Fazendo uma referência à descentralização, Flores disse que a atuação das associações “não enfraquece as Agências do Desenvolvimento Regional, que ganham objetividade e precisam atender o que está sendo desenhado pelos municípios”.
Segundo ele, os estudos feitos pelo governo do estado detectaram que “o enriquecimento acentuou as diferenças” e Santa Catarina está se tornando um estado desigual. Depois de ressalvar que a região da AMFRI não está entre as de maior desigualdade, Flores anunciou que em maio o governo pretende lançar um programa para enfrentar o problema das regiões empobrecidas, “com políticas adequadas, diferenciadas, para tentar reequilibrar o estado”.

Entidades representadas
O Conselho Consultivo do InovAMFRI é presidido pelo ex-deputado federal Paulo Bornhausen. O Governo do Estado tem quatro representantes, entre eles os secretários da Fazenda, Antonio Gavazzoni; do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini; e o secretário-executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Itajaí, Aquiles José Schneider da Costa.
O presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC), deputado Gelson Merisio, representa o legislativo estadual. A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC) e a Universidade do Vale do Itajaí (Univali) tem dois representantes cada. A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio SC), a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK), a ONG nacional Comunitas, e a Faculdade Avantis de Balneário Camboriú participam com um representante cada.
As reuniões do Conselho serão realizadas a cada dois meses. A próxima também será na FIESC, em Florianópolis.

Empresas escolhidas para execução
Na apresentação feita durante a reunião do Conselho Consultivo, o ex-deputado Paulo Bornhausen afirmou que o InovAMFRI está estruturado para atuar em três frentes: o desenvolvimento econômico regional, a qualificação da gestão pública municipal e a mobilidade urbana regional.
O primeiro item terá um investimento de R$ 4,3 milhões e diz respeito à criação do Plano Diretor do Distrito de Inovação, que será feito pela Jurang Consultants Pte Ltd (R$ 3,7 milhões), com seu respectivo EIA/Rima, sob responsabilidade da Acquaplan Tecnologia e Consultoria Ambiental Ltda. (R$ 229,5 mil). O estudo de ocupação do Centro de Inovação Regional de Itajaí, estará a cargo da Rede Catarinense de Inovação (Recepeti) (R$ 96 mil).
Para qualificar a gestão pública municipal, serão investidos R$ 1,3 milhão. Para aplicação do curso de formação de lideranças foi contratada a Associação Centro de Estudos de Liderança Pública (R$ 915,9 mil). A implantação do sistema digital para qualificação das informações na área da saúde, será pela Celk Sistemas Ltda. EPP (R$ 1,2 milhão). A seleção da empresa para realizar o treinamento para qualificação do turismo regional ainda não foi concluída.
E o terceiro item, com investimento de R$ 2,4 milhões, vai permitir a integração dos planos municipais de mobilidade urbana e criar um plano de transporte coletivo intermunicipal. Estudos e projetos de mobilidade urbana regional integrada serão feitos pela IDP Brasil Engenharia (R$ 714 mil).

CRONOGRAMA
Bornhausen acredita que em 2017 o InovAMFRI terá formado os gestores, qualificado o pessoal ligado ao turismo e colocado em operação o sistema digital de saúde pública.
Até 2020 estima que o Distrito de Inovação estará implantado e o Centro de Inovação estará em funcionamento.
E a longo prazo o projeto terá resultados na mobilidade urbana regional e no transporte intermunicipal.
O presidente da AMFRI e prefeito de Navegantes, Roberto Carlos de Souza, diz que o projeto “será uma ferramenta de extrema importância no desenvolvimento regional nos próximos anos, que fará com que se abram novas oportunidades para nossa gente”.
O prefeito de Itajaí, Jandir Bellini, afirma que “é um privilégio para a cidade” sediar um projeto como esse, que poderá impulsionar o crescimento da região. Bellini diz que o terreno em que o Distrito será instalado “tinha essa finalidade desde o início, de ser um polo de desenvolvimento”.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com