Home Notícias Quentinhas Itajaí fatura mais seis troféus

Itajaí fatura mais seis troféus

Conquistas vieram nos dois naipes do taekwondo, do tênis e do tênis de mesa

Se Itajaí repetir o desempenho das últimas 24 horas pelos próximos dias, pode se considerar mais perto do que nunca do título inédito de campeã dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). A quarta-feira terminou com um saldo de seis troféus em três esportes diferentes. O primeiro par de canecos veio logo no início da tarde, quando as equipes masculina e feminina do tênis de mesa encerraram com o melhor desempenho da competição. Na sequência, foi a vez dos peixeiros vencerem com folga no tênis masculino e feminino, além do taekwondo, que lutou até a última rodada pelo título nos dois naipes.
Jogando em casa, a turma do Itamirm Clube de Campo fez a festa na quarta-feira. Entre as moças, a city peixeira fez 2 a 1 em cima de Joinville em uma sequência de três partidas e garantiu o troféu de primeiro lugar. Para serem campeãs dos Jasc, as peixeiras tiveram que jogar 12 horas e meia divididas em dois dias com as bailarinas. Isso porque 11 horas de disputas já haviam rolado no dia anterior, na terça-feira, entre jogos individuais e equipe. Itajaí teve que ganhar duas vezes de Joinville para se manter na competição.
A disputa foi adiada de terça para quarta-feira porque as atletas estavam exaustas. O placar estava em 2 a 2 e a disputa de dupla iria decidir o título. Ontem, o jogo de duplas seguiu por mais uma hora e meia e Itajaí pôde comemorar o tão sonhado título com as atletas Fernanda Hermenegildo e Nicole Buitoni, que venceram por 2 sets a 1 a disputa final com Ana Clara Duarte e Bruna Silva. “Estou bem feliz porque foi de virada. Foi uma partida bem disputada e só definida no set no desempate. Agora é curtir o título”, disse a campeã Nicole Buitoni, que nos Jasc do ano passado havia perdido a final para as rivais.
No masculino, Itajaí e Florianópolis fizeram um verdadeiro clássico no Itamirim. Após quatro partidas de simples, o empate em 2 a 2 forçou a realização do jogo de duplas pra definir o vencedor. No lado peixeiro, Orlando Luz – segundo melhor tenista juvenil do mundo – e Fernando Ramboli. No lado manezinho, os conhecidos Caio Zampieri e Daniel Dutra Silva. O jogo foi duríssimo e definido apenas no supertiebreak (set desempate). No fim, vitória de Itajaí e mais um troféu na conta.

Mais troféus
Além dos cinco troféus, a boa notícia é que a maior vencedora de jogos abertos, Blumenau, não pontuou na mesma proporção e se afastou da cola de Itajaí no quadro geral de pontos. No tênis de mesa, os meninos da cidade-sede terminaram em primeiro por equipe, seguidos da equipe de Concórdia e Criciúma. Blumenau assistiu de longe a briga, não ficando nem entre os seis primeiros.
No feminino, a exemplo do que aconteceu com os guris, Itajaí também protagonizou o duelo da final contra os jogadores de Concórdia e se deu bem. Em terceiro, ficou a equipe de Rio do Sul, do Alto Vale. Já a rival Blumenau nem disputou com time feminino, aumentando a vantagem peixeira na contagem geral de pontos.
O quinto e sexto troféus vieram dos tatames. A equipe feminina de taekwondo encerrou como campeã da categoria cravando 48 pontos, míseros seis a mais que seu maior rival na história da competição, Chapecó. Para completar o pódio, a equipe de Florianópolis levou o bronze. No masculino também deu peixeirada no alto do pódio. A equipe da casa levantou o caneco deixando São Bento do Sul e Floripa pra trás.

QUADRO DE MEDALHAS
CIDADE OURO PRATA BRONZE

1º Itajaí 52 29 16
2º Blumenau 19 18 30
3º Joinville 18 7 24
4º Florianópolis 11 17 25
5º Brusque 9 10 6
13º Balneário Camboriú 2 1 5
17º Itapema 1 1 3
19º Navegantes 0 2 3

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com