Home Notícias Quentinhas Guarda-vidas salvam economista

Guarda-vidas salvam economista

Funcionário da BR Foods teve uma parada cardíaca, mas foi ressuscitado

O economista Euflávio Riserio dos Santos, 47 anos, que trampa na BR Foods e mora em Itajaí, foi salvo da morte no domingo, por guarda-vidas que atuam na praia de Laranjeiras, em Balneário Camboriú.
Euflávio sofreu uma parada cardíaca enquanto tomava banho de mar. Os salva-vidas chegaram a ser aplaudidos pelo povão, depois que conseguiram ressuscitar o economista. Até ontem à noitinha, ele continuava internato na UTI do hospital do Coração, em Balneário.
Euflávio passava o domingo com os amigos em Laranjeiras e estaria com água pelos joelhos quando passou mal. Quatro socorristas participaram diretamente da ação que fez com que o coração e os pulmões de Euflávio voltassem a funcionar.
Era 11h da manhã de domingo, quando o sargento Jorge Luiz de Souza Batista, do corpo de Bombeiros Militar, foi informado por rádio que um homem passava mal em Laranjeiras. Ele então acionou uma ambulância e a equipe médica do helicóptero Arcanjo.
Enquanto isso, os guarda-vidas Mathias Seminatti Davi, Ulisses da Silva e Luiz Henrique Gomes lutavam para trazer Euflávio de volta.
As tentativas de ressuscitar o homem passaram por uma técnica chamada de ventilação, que tenta manter o ar nos pulmões da vítima. Paralelo a isso foi feita uma massagem no peito do banhista. Com a chegada da equipe médica foi possível fazer uma aplicação de adrenalina na veia de Euflávio.
Depois de 20 minutos de trabalho, quando os pulmões e o coração de Euflávio voltaram a funcionar, foi finalmente possível entubar o economista.
Euflávio foi levado de helicóptero para o hospital Ruth Cardoso, onde ficou até a madrugada de segunda-feira. Depois foi transferido para o hospital do Coração, também em Balneário Camboriú, e até ontem à noite estava em coma induzido.
Um amigo de Euflávio disse ao DIARINHO que o caso é delicado. Segundo, ele, os médicos informaram que aos poucos vão começar a retirar os medicamentos para ver como ele reage.

Bonito
O povão que curtia o maior sol acompanhou todo o socorro e não economizou palmas ao trabalhos dos guarda-vidas quando viu que o homem reagiu. “A maior recompensa de um trabalho como este é ver o reconhecimento da comunidade. É o nosso pagamento”, soltou Batista.

Outro banhista sofre mal súbito
Ontem, por volta das 15h, o turista Eduardo Cordeiro dos Santos, 21 anos, de Curitiba, teve um mal súbito enquanto curtia o marzão da praia de Gravatá, em Navegantes. Ele foi socorrido pelos guarda-vidas, que contaram com o apoio de uma ambulância e também do médico do helicóptero Arcanjo. Eduardo foi levado para o Hospital de Navegantes. O quadro dele, ontem à noite, era estável. 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com