Home Notícias Quentinhas Grávida de gêmeas grudadinhas precisa de especialista

Grávida de gêmeas grudadinhas precisa de especialista

Monique espera duas meninas que estão grudadinhas, mas não há médico em Santa Catarina para esse tipo de gestação

O drama de Monique Ramone Dunka Ajala, 23 anos, começou quando recebeu o resultado do exame de ultrassom, aos cinco meses da segunda gravidez. As imagens mostram a gestação de gêmeos grudadinhos pelo peito, problemas nos rins e coração de um dos bebês e ainda a perna de um deles invadindo a coxa do outro. Para piorar, esse bebê mais frágil não tem os bracinhos.
Ao receber o laudo, a moça ficou desesperada. Desempregada, morando com a mãe em Itajaí e com o marido trabalhando em outro estado, não via como dar prosseguimento à gestação.
Monique pediu para a Justiça autorizar o aborto. Enquanto o processo corria, se arrependeu e cancelou a ação, substituindo-a por um pedido de ajuda para dar continuidade ao acompanhamento pré-natal, que não poderia ser feito em Itajaí, conforme foi informada, porque por estas bandas não há médicos que saibam lidar com este caso raro.
Desde então, tem sido um jogo de empurra-empurra, diz a mamãe, que já está no sétimo mês de gravidez. “Eu fui muito bem atendida no postinho do São João, mas não tinha como fazer o pré-natal ali, então me encaminharam para o Crescem (centro de Referência da Saúde da Criança e da Mulher),” conta.
A médica Milena Martins Lavado, ginecologista e obstetra especialista em alto risco, preencheu um documento atestando que Monique morre se tiver os nenéns em Itajaí. Ela deu um prazo de cinco semanas para que um especialista assuma o caso e faça o parto.
O especialista em gêmeos siameses é tão raro no país quanto este tipo de gestação. A secretaria de Saúde de Itajaí encaminhou o caso à gerência Regional de Saúde, que trabalha diretamente com a secretaria de Saúde de Santa Catarina na busca pelo profissional. “Ela nos procurou agora, no dia 1° de junho. Se ela tem pressa, nós também estamos correndo contra o tempo para encontrar quem possa acompanhar este tipo de gravidez e parto”, argumenta Simone Nascimento da Silva, responsável pelo setor de Tratamento Fora do Domicílio (TFD), da Regional. Simone garante que não há nenhum profissional habilitado em Santa Catarina. Segundo ela, o SUS banca todas as despesas de deslocamento e atendimento.
Monique já sabe que espera duas meninas. É pela vida delas e pela própria vida que a ex-consultora de vendas apela, porque se uma das garotinhas morrer dentro da barriga, a mãe pode ter infecção generalizada. Como não pode bancar o atendimento médico, nem pagar um advogado para agilizar o processo, Monique solicitou à Defensoria Pública de Itajaí que dê uma força para que as meninas tenham condições de vir à luz.
“Eles me pedem um papel diferente cada vez que vou lá. Já tenho o atestado da médica, agora querem um documento da secretaria de Saúde de Itajaí e outro do estado, dizendo que não tem esse tipo de doutor aqui em Santa Catarina”, desabafa a gestante.

Família enfrenta dificuldades
Apesar da aparente calma, Monique está ansiosa, vendo o tempo passar e nada se resolver.
A mãe dela, Rosa Maria Dunka, está doente e não tem como trabalhar. O marido Pedro Henrique Ajala acabou de descobrir uma doença rara que leva a ataques epiléticos. Mesmo querendo largar o emprego como recepcionista de hotel em Campo Grande (MS) e vir acompanhar o sofrimento da esposa, Pedro teme não conseguir um trampo e piorar a situação. A gestante atribui à desinformação dos setores competentes o problema pelo qual está passando. “Eles nunca pegaram um caso desses, não sabem como resolver”, diz.
A família precisa de um médico, em primeiro lugar, e de ajuda financeira. Por enquanto, pensar em enxoval está fora de questão, porque o mais importante é garantir a sobrevivência das nenéns. Quem quiser ajudar, pode depositar qualquer valor na conta da mãe de Monique, Rosa Maria Dunka, na caixa Econômica Federal. A agência é 0416, poupança 13, número 122.661-8.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com