Home Notícias Quentinhas Foliões da Oktober ficam a pé no dia de voltar pra casa

Foliões da Oktober ficam a pé no dia de voltar pra casa

O feriadão foi mais longo pra turistada que veio curtir as festas de outubro pela companhia área Azul. Ontem, passageiros socaram o terminal dengo-dengo pra saber como e quando voltariam pra casa

Feriadão prolongado e festas de outubro. A combinação que parecia perfeita pra todo turista que veio dar um rolê na região se transformou em dor de cabeça pra alguns. Um acidente com o trem de pouso de um avião cargueiro no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, na noite de sábado, detonou com voos em todo o país, deixando milhares de pessoas plantadas esperando pra voltar pra casa. Desde domingo, 16 voos da companhia aérea Azul, que tem base operacional na city do interior paulista, foram cancelados nos aeroportos Ministro Victor Konder, em Navega, e Hercílio Luz, em Florianópolis – 10 e seis, respectivamente. Os dois terminais ficaram socados com passageiros tentando voltar pra casa após curtir o feriadão prolongado no litoral da Santa & Bela.
O defeito no pneu de um avião cargueiro que veio de Miami/EUA, da empresa norte-americana Centurion, resultou em quase 46 horas de interdição no aeroporto de Viracopos, um dos mais movimentados do Brasil. A bronca só foi normalizada às 17h35 de ontem, deixando um saldo de 495 voos cancelados em todo o país. De acordo com a Infraero, 95% das viagens eram da companhia aérea Azul.
Um dos principais destinos turísticos no mês de outubro, por causa das festas típicas, os aeroportos da Santa & Bela foram afetados pelo acidente. Ontem de tarde, a fila pra falar com algum funcionário no balcão da Azul era bem grande no terminal dengo-dengo. A maioria de turistas veio passar o feriado prolongado na região pra descansar, mas acabou se incomodando. “Eu deveria ter saído às 12h, mas atrasaram meu voo para as 17h10. No entanto, ainda não deram certeza se saio daqui hoje [ontem] ou não. Isso é ruim, pois eu tenho compromissos familiares e de trabalho. Outra coisa ruim é a falta de informação. Eles não explicam direito como e quando vamos sair daqui”, reclama o empreendedor carioca Marcos Nascimento, 41 anos, enquanto aguardava na fila por uma solução.
O atraso na comunicação dos cancelamentos foi a principal bronca dos passageiros da companhia. As fessoras Cristiane Kramer, 34, e Elaine Baldin, 36, deveriam aproveitar o Dia do Professor, celebrado ontem, voltando pra casa, mas silascaram porque a Azul só avisou do cancelamento do voo delas quando já tinham saído de Blumenau, onde passaram o finde. “A gente já estava no ônibus de Blumenau para Navegantes quando recebemos uma mensagem da companhia. Se fosse antes, poderíamos esperar um pouco mais em Blumenau e até aproveitar mais um dia na Oktoberfest. Agora estamos esperando no aeroporto e correndo o risco de faltar no trabalho na terça-feira”, conta a turista Cristiane, querendo voltar logo pra city de Jundiaí/SP.
A Infraero informou que 10 voos foram cancelados no aeroporto de Navega e mais seis em Floripa. A autarquia ainda avisa que todas as broncas devem ser resolvidas diretamente com a companhia aérea. Na Santa & Bela, apenas a Azul teve voos cancelados.

Nada Azul
Mesmo após a normalização do aeroporto de Campinas, às 17h35 de segunda-feira, a Azul disse, em nota, que alguns voos ainda poderiam ser cancelados até o final do dia. “Embora as operações em Viracopos tenham sido liberadas, atrasos e cancelamentos ainda poderão ocorrer como consequência do processo de regularização da malha”.
A assessoria de imprensa da Azul ainda esclarece que a companhia está prestando o auxílio necessário aos passageiros, como reacomodação em voos de outras companhia aéreas e custeamento de despesas com alimentação e hotel. Pra mais informações, a companhia recomenda que os passageiros liguem pro número 400-311-18, ou acessem o saite www.voeazul.com.br.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com