Home Notícias Quentinhas Fim do slackline

Fim do slackline

A invasão – Olha só a cena, mais lixo urbano. São focos para todos os lados da cidade e desta vez não vou dizer onde é, como coloquei aqui da rua Marrocos. Que os iluminados da Obras procurem. #sacocheio.

Sexta-feira passada, circulando pelo túnel da Terceira avenida, vejo um carro da Celesc estacionado. Aproveitando o congestionamento de todos os finais de tarde, perguntei o que ele iria fazer. Respondeu, enfático: “Cortar este absurdo”. O absurdo é o “balançando ao sabor do vento a não mais de 1,5 m de altura”, o tal slackline que publiquei aqui. E não é que ele cortou?

Sem salário
Parte dos médicos e dentistas da prefeitura de BC não receberam o salário do mês. Estão bravos e podem paralisar as atividades se o prefeito não recebê-los. Procurei saber mais sobre o assunto e fui informado que, na verdade, há um ajuste de conduta que obriga os profissionais a baterem ponto. Os médicos e dentistas que não receberam salário não teriam batido seus pontos. É uma situação que deixa todos os funcionários da saúde p… da cara porque nesta barca eles também estão obrigados a bater ponto.

Falta diálogo
A relação entre os profissionais e o governo nunca foi amigável. A secretaria, na prática, continua sem secretário. É voz corrente entre os funcionários que quem manda na saúde é uma prima do prefeito ERD, isto há muito tempo.

Secretaria do idoso
O secretário está nomeado desde que foi anunciada a oxigenação do governo ERD, mas não existe a secretaria, na prática. Fiquei sabendo que a equipe está sendo montada para que seja a sede da secretaria. Dou uma sugestão: a prefeitura estaria pagando cerca de sete mil reais de aluguel de uma sala próximo da agência da Caixa, na Quarta avenida. E o espaço está ocioso. Ao invés de jogar dinheiro público fora, o governo poderia acomodar a secretaria neste espaço e o secretário fazer jus ao salário.

Irresponsabilidade
Já publiquei sobre a reforma do andar térreo da prefeitura de BC. A interminável reforma que está parada há quase um ano. Mas um funcionário público me cobrou que a imprensa não faz nada, como se eu fosse a imprensa. Pior de tudo é que a tal reforma teria sido realizada por uma empresa laranja de um cargo de confiança que foi despedido recentemente. Durma com um barulho desses.

Barnabés
Em todas as eleições, os candidatos a prefeitura fazem seus cálculos. Um dos principais são os votos do funcionalismo público. Se os barnabés estão contentes é uma base considerável de votos para uma reeleição ou eleição do candidato da situação. Mas quando os barnabéns estão descontentes, é quase fatal, derrota na certa. Isto aconteceu na época de Harold Schultz e Luiz Castro e não aconteceu no governo de Rubens Spernau. E ter barnabé como fonte é uma maravilha porque eles sabem tudo do que acontece no alto e no baixo da Dinamarca.

Alô Alô!!
Mensagem da terra para o espaço sideral: atualizem o site da prefa!! Tá certo que este governo congelou, mas é tão simples atualizar um site, não é mesmo?

Frase
De um observador da passeata: “Não há faixas contra o nosso governo local? Cidadania pela metade”.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com