Home Notícias Quentinhas Extrato da flor do hibisco pode virar remédio contra o câncer

Extrato da flor do hibisco pode virar remédio contra o câncer

O hibisco é muito conhecido por estar sempre florido e deixar nosso mundo mais bonitão. Mas em Itajaí, a florzinha simpática tá revelando algo muito mais importante: o seu extrato, transformado num pozinho, apresentou resultados positivos na prevenção e inibição de tumores do câncer de cólon, doença que detona o intestino grosso.
A informação é da universidade do Vale do Itajaí (Univali), que tá investigando o hibisco juntamente com a empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).
A princípio, a espécie pesquisada é a Hibiscus Cannabinus, uma flor mais avermelhada que os hibiscos mais comuns vistos na região. A pesquisa é liberada por sabichões do curso de nutrição da Univali, que atestaram o efeito do consumo do extrato da flor no combate à doença.
Segundo a professora Sandra Soares Melo, doutora em ciência dos alimentos, o avanço do tumor em ratinhos pesquisados e que consumiram o pozinho da flor foi menor do que em outros ratinhos que seguiram com suas alimentações normais.
Foram nove semanas de pesquisa e análises de laboratório. “É como se o hibisco ajudasse a bloquear a instalação dos tumores”, atesta a professora Sandra. As substâncias da florzinha atuam diretamente nas toxinas que causam a alteração no DNA, e que vão dar origem ao câncer.
Os ratinhos usados como cobaias foram separados em dois grupos, induzidos ao desenvolvimento do tumor de cólon. Os roedores desses dois grupos mantiveram, o primeiro, a dieta com ranguinho normal, e o segundo, a alimentação enriquecida com o extrato seco da flor. Esse extrato foi bolado e produzido por botânicos da Epagri.
Sandra detalha que a espécie, originária da África, é rica em um pigmento vermelho que possui efeito poderoso. E os bichinhos que usaram o hibisco tiveram menor perda de peso e melhora no fígado.
A pesquisa é inédita e as funções medicinais descobertas oferecem as primeiras bases científicas para que o extrato de hibisco seja utilizado como auxiliar no tratamento de pacientes com esse gênero de câncer, que registra 32.600 novos casos por ano.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com