Home Notícias Quentinhas Eleição movimenta a high society no Guarani

Eleição movimenta a high society no Guarani

Chapa Renovação derrotou galera que comandava o clube há 16 anos

A eleição que decidiu ontem, por uma diferença de apenas 30 votos, a nova diretoria de um dos clubes mais tradicionais de Itajaí, a Sociedade Guarani, deu o que falar.
O bafão rolou porque o prefeito Jandir Bellini, sócio do Guarani, se inscreveu como membro da chapa União, que era a da situação e formada por figurões como Homero Malburg, Renato Ribas, Beto Saveiro.
Do outro lado da balança, a chapa Renovação, capitaneada por Alexandre Kleis, Marcelo Heusi, Amílcar Gazaniga e demais colegas.
A surpresa rolou porque os quase siameses Jandir e Amílcar ficaram em lados opostos em uma eleição, ao menos no clube dos bacanas. Foi o que bastou pra causar muitos comentários na sociedade peixeira.
Um dos sócios do clube, que pediu pra ficar no anonimato, garantiu que a ida do prefeito pra chapa União causou um mal estar nos corredores do Guarani. “Todos ficaram sem entender. Estava certa a participação dele na chapa Renovação. Ficamos surpresos”.
A reportagem tentou falar com o prefeito Jandir Bellini, mas ele está do outro lado do planeta, na Nova Zelândia, curtindo os preparativos pra partida dos veleiros da Volvo Ocean Race para Itajaí.
Quem tratou de amenizar a disputa foi Amílcar Gazaniga. Ouvido pelo DIARINHO, Amílcar disse que cedeu o nome para a chapa Renovação porque um amigo lhe pediu. “Eu não piso no Guarani há 15 anos. Não tem problema o meu nome estar na chapa de oposição, pois não há briga nenhuma. Não me meto em discussões ideológicas. Sou amigo de todos os candidatos. Só não tirei meu nome porque seria uma descortesia, um ato de deselegância”, finalizou Gazaniga.
Só 289 sócios, dos mais de 500 que o clube tem, votaram. Foi a primeira vez, nos últimos 16 anos, que a diretoria do Guarani não foi eleita através de chapa única.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com