Home Notícias Quentinhas Dois dimenores, já mortos, assassinaram mototaxista por engano

Dois dimenores, já mortos, assassinaram mototaxista por engano

O mototaxista Luís Fernando de Oliveira foi morto no dia 11 de maio com seis balaços. Dois guris chegaram perguntando por um tal de Tiago no ponto de mototáxi na rua Monte Agulhas Negras, no bairro Monte Alegre. No mesmo momento Luís chegou com a motoca e foi alvejado. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Desde então, tiras da divisão de Investigações Criminais (DIC) do Balneário investigam o crime. Com as imagens de câmeras de segurança, a polícia viu o momento em que dois dimenores chegaram caminhando no ponto de mototáxi e sairam correndo. Eles foram identificados como sendo Weslley Barbosa Nunes, de 15 anos, morto no dia 9 de junho e Leonardo Henrique Silva, 17, assassinado no dia 13 de junho. Os adolescentes tinham passagens pela polícia por crimes patrimoniais (roubos), tráfico de drogas e homicídios. A DIC apurou que Luís foi morto por engano. Ele não tinha ficha suja na polícia e amigos relataram que o cara era uma pessoa idônea e trabalhadora. 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com