Home Notícias Quentinhas Dilma veta projeto que obrigava a pagar gorjeta a garçom

Dilma veta projeto que obrigava a pagar gorjeta a garçom

A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente o projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional que regulamentava a profissão de garçom e tornava obrigatório o pagamento de 10% de gorjeta à categoria como taxa de serviço.
A proposta previa que a pessoa que servisse bebida e comida em bares, restaurantes ou hotéis poderia ser considerada garçom. No entanto, seria necessário registro profissional para exercer a atividade. O projeto determinava que, para obter o registro, o candidato a garçom deveria ter dois anos de experiência.
Se o texto tivesse sido sancionado pela presidente, os clientes seriam obrigados a pagar os 10% gostando ou não do serviço, se o comércio e o sindicato de garçons estivessem de acordo. A profissão de garçom estava há 24 anos à espera da regulamentação. Ainda não foi desta vez.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com