Home Notícias Quentinhas Dengo-dengo denuncia tortura dos homisdalei

Dengo-dengo denuncia tortura dos homisdalei

O representante comercial Ari Ribeiro Rodrigues, 39 anos, afirma ter sido agredido de graça por três fardados por volta das 20h de quinta-feira, em frente a sua baia, na avenida Prefeito José Juvenal Mafra, no centro de Navega. O quarto milico teria ficado na viatura assistindo a tudo. O morador tinha saído de casa pra mostrar o seu carro, um Uno, pra um possível comprador. Porém, depois de poucos minutos de conversa, os milicos chegaram, dispensaram o guri e começaram a tortura. Ele teria apanhado sem nem poder se defender. “Me encostaram no carro, de perna aberta, botaram a pistola na minha cabeça, começaram a me bater e dizer que iam me matar”, conta. Ari garante que vai entrar com um processo na corregedoria da PM de Florianópolis assim que o laudo médico sair. A assessoria de imprensa da polícia Militar de Navega diz não ter conhecimento do ocorrido, uma vez que o denunciante ainda não abriu um processo no quartel de Navegantes. 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com